Reciclar é preciso

| 0 comentários
Avaí Reveillon

O resumo de 2011

| 0 comentários
merdalukaszcracovia

Uma mera formalidade

| 2 comentários

O blog não descansa

| 5 comentários
Nesta madrugada as crianças serão arrancadas da cama, as tralhas receberão os últimos retoques de organização e junto com a nega véia parto para alguns dias de folga na serra gaúcha. Cambará do Sul, São Francisco de Paula, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, um belo roteiro para tomar um "fartão" de natureza e relaxar as tensões de 2011.

Assim, pela primeira vez teremos um pequeno recesso de postagens redigidas no blog, uma vez que que as atividades virtuais não terão férias por completo. A começar nesta quarta-feira e entendendo-se até o próximo dia 8 de janeiro, já está programado um mini-flash-back da montagens gráficas realizadas desde o início de nossas atividades, no não muito distante 07/04/2009. De certa forma elas contam um pouco da história do Avaí nesse período, pelo menos sob a ótica do blogueiro. Vou e volto já.

O Avaí tem a força

| 1 comentários
Dando uma passada de olho no elenco montado até o momento pelo Avaí, parece ficar clara a opção pela força. Quando Zunino diz que esse grupo é a cara de Mauro Ovelha, podem acreditar que é verdade. Sério, Zunino não está mentindo. Com exceção, talvez, ao zagueiro Leandro Silva, ao lateral Léo Campos e ao volante Mika, não vejo mais ninguém com potencial para tocar a bola. Verdade seja dita, que não conheço uma pá de jogadores dali, mas se os meninos são mesmo o estilo Ovelha "esculpido em carrara", então teremos uma abundância de pega, pega, pega. Ou não. Sei lá. Toca.

Um elenco de temporada

| 0 comentários
Ontem o blog Solta o Leão nos trouxe uma curiosidade obtida no BID, onde observou que nenhum dos jogadores recém-apresentados pelo Avaí tem contrato de mais de um ano de duração. "São todos apostas, então?". Desde a chegada de Mauro Ovelha lemos aqui e ali que talvez - eu disse talvez - o Campeonato Catarinense sirva apenas de laboratório para a série B. Claro que Zunino e cia não poderiam deixar de afirmar que o caneco regional é questão de honra e tal, mas dependendo dos primeiros resultados podemos ter mudanças bruscas nos rumos do planejamento 2012.

O clube também perde

| 1 comentários
É notória a "capacidade" do jogador Adriano em se envolver com problemas. Seu currículo é extenso. Jogador talentoso, artilheiro nato, é mais um daqueles personagens que teimam em lutar contra o sucesso. Às vezes entra de gaiato, como parece ser o caso dessa moça que levou um tiro no carro do menino de mais de 100Kg. Infância pobre e fase adulta sem o devido acompanhamento. Nisso o que me chama a atenção é a indiferença dos dirigentes que afirmam que o clube não foi afetado, já que Adriano está em férias. Raciocínio incompreensível para os cartolas europeus.

Rico, mas pobre

| 1 comentários
"(...) Enquanto ninguém faz nada para resolver a crise de talento, os clubes brasileiros comemoram o aumento das rendas, cotas de televisão, contratos publicitários, venda de camisas e investimentos em geral no futebol. Pior é ver os torcedores entrando no lenga-lenga. Do que vale ser rico e ver um monte de jogadores errando passes curtos, cobranças de escanteios, finalizações simples e outros fundamentos básicos do jogo? Dinheiro só é útil aos times se torná-los mais fortes dentro de campo". Texto pinçado do post do jornalista Vitor Birner, chateado com o "enriquecimento" do futebol brasileiro.

Segredos íntimos

| 0 comentários

Nada como um dia após o outro

| 7 comentários
Leio na página do Avaí no Facebook que o clube se prepara para a Taça São Paulo de Futebol Júnior, com estreia prevista para o próximo dia 5. A ironia dessa participação num evento reconhecidamente importante do calendário brasileiro, é que o presidente Zunino já afirmara que o Avaí não participaria mais em virtude do desvirtuamento da competição. A coisa teria descambado para um convescote de empresários, só. Na matéria de 24/01/2011 do FutebolSC isso fica bem claro:

Zunino diz que Copa SP é uma esculhambação
Presidente do Avaí não pretende disputar mais a competição
O presidente do Avaí, João Nilson Zunino, não poupou as críticas para a Copa São Paulo de futebol júnior. O motivo teria sido o fato de o clube ter que negociar com empresários para poder participar da disputa. Zunino disse ainda que o Avaí estava convidado para a competição em 2011, mas não esclareceu o motivo da não participação. (...) “Aquilo é uma esculhambação, uma vergonha. Você é um empresário de futebol, vai lá e dá um dinheirinho. É um convite idiota que eles fazem e aí pegam o seu jogador”, disse Zunino. O dirigente disse não ter mais interesse na disputa, pois agora ela se tornou exclusivamente uma competição de empresários, e não de clubes.

Pobre futebol brasileiro

| 0 comentários
A fase não é boa. Depois de percebermos que os europeus andam jogando como nós e que nós nem conseguimos jogar como eles jogavam (que confusão), nada mais justo tomarmos um passeio na "seleção do mundo". O jornal L´Equipe elegeu os seus melhores na seleção e nela constam apenas dois brasileiros e ainda assim do setor defensivo: os laterais Daniel Alves (Barcelona) e Marcelo (Real Madrid). Como também já era de se esperar, o time ideal de 2011 é composto por maioria espanhola: Neuer; Daniel Alves, Piqué, Vidic e Marcelo; Busquets, Xavi, Iniesta e Messi; Ronaldo e David Silva.

Análise tática dos melhores

| 2 comentários
Excelente matéria exibida ontem no Esporte Espetacular e que procura explicar as razões do sucesso do Barcelona. Pegadógico, prático e simples, assim como o futebol brasileiro já foi.

De meia vazia

| 0 comentários
Carlito Arini prometeu alguns presentinhos de Natal para a torcida avaiana e não cumpriu. Cada vez se confirma mais que o (ex) empresário está entrando em sintonia com a diretoria azurra. Como bem lembrado pelo blog Sangue Azurra, o Gerente de Futebol recém chegado ao Carianos garantiu que o grupo seria fechado até os festejos natalinos, trazendo um atacante e um meia que nos fizesse esquecer - mesmo que temporariamente - os craques Lincoln e Marquinhos. Dia 25 foi ontem e nada de presentinho na meia da lareira do Avaí. Acrescentaria nesse mini-pacote um lateral direito. Apenas Arlan e Rodnei como opções é pouco.

Os meninos de Mauro Ovelha

| 1 comentários
Relativizando a opinião em função da nova realidade financeira do Avaí, gostaria de compartilhar minha impressão pré-positiva sobre alguns jogadores do elenco. Nenhuma análise detalhada, apenas em negrito os que devem fazer bonito mesmo:
Goleiros - Moretto, Aleks, Victor
Zagueiros - Jaílton, Leandro Silva, Cássio, Rafael, Renato Santos
Lateral-direito - Arlan, Rodnei
Lateral-esquerdo - Leo Campos, Pirão, Aelson
Volante - Marrone, Bruno, Diogo Orlando, Marcinho Guerreiro
Meias - Mika, Diego Palhinha, Robinho, Cleverson
Atacantes - Neílson, Felipe Alves, Ronaldo Capixaba, Leo Lima, Maurício

Reunião para poucos

| 0 comentários
Acontece na quarta-feira a reunião do Conselho Deliberativo que tratará do orçamento do Avai FC para 2012. A data é propícia para que tenhamos um quórum mínimo, com a presença quase que exclusiva dos funcionários do clube com direito a voto. Sim, isso é esquisito, mas se o estatuto permite, não há muito o que chiar. Já ouvi alguns conselheiros afirmarem que votarão contra, não importando a proposta que virá do Executivo. Um assunto tão sério não poderia ser tratado com tamanho desdém. E para piorar o lado pitoresco dessa convocação, a imprensa já nos informou que Nereu do Valle Pereira, presidente do Conselho, desconhece o conteúdo desse documento que chegará devidamente pré-formatado. Será aprovado, claro. Toca.

Avaí vende Robinho para Barcelona

| 3 comentários
avaí robinho

Paninhos com preços justos

| 2 comentários
Em época de desejos e sonhos, não poderia deixar passar batido o desconforto com os preços praticados pela "grife" Fanatic, criada numa parceria entre o Avaí e a Malharia N.Sª. Aparecida, e que tão poucas alegrias deu ao consumidor azurra. Nada mais há que possa ser acrescentado ao que já foi comentado aqui nesse blog desde o seu surgimento, um equívoco que já demonstrou em números e em qualidade que o projeto não passa de uma megalomania têxtil.

Como esse contrato subsistirá ate Zunino dar adeus ao seu mandato de presidente, espero que em 2012 tenhamos os preços sendo levados para uma categoria de normalidade. Por normalidade entenda-se não ver nas lojas uma camisa da Fanatic ter um preço acima das marcas internacionais. Nesse momento encontramos camisas do Barcelona/Nike a R$99 enquanto as do Avaí estão sendo "queimadas" a R$119. Não faz sentido. Texto programado na quinta-feira, 22/12.

Nós temos um sonho

| 1 comentários
"(...) Como Martin Luther King, eu tenho um sonho. O sonho de ver um Avaí forte, limpo e transparente. Um Avaí comandado por pessoas comprometidas exclusivamente com o clube e com seu torcedor. Um Avaí sem negociatas, sem acordos sub-reptícios, sem vantagens nebulosas, sem negócios escusos. Um Avaí com um Conselho Deliberativo forte e atuante em defesa exclusiva do clube. Por enquanto, é apenas um sonho. Mas parece que começam a surgir no horizontes indícios de que pode se tornar realidade. Para isso, precisamos de todos que compartilham do mesmo sonho. Avaianos do mundo, uni-vos. É hora de pegar nosso Avaí de volta". Parágrafo final do belo texto de Marcelo Herondino, titular do blog Mundo Avaino, que você lê por completo aqui.

Pedidos avaianos

| 4 comentários
avaí papai noel lista

Aproveite esse momento

| 1 comentários
Nada providencial essa queda para a segunda divisão. Não só não teremos aquela gorda cota de R$8 milhões da série A de 2011 como também não colocaremos a mão nas cotas de TV da elite brasileira em 2012, algo como R$22 milhões. Cair justamente no ano em que esses valores serão triplicados é muito dolorido. Assim sendo, nada mais resta ao Avaí que se contentar com a magreza financeira da série B e se ajeitar com um elenco mais econômico.

Entre garimpadas pelo interior de SC e clubes de subdivisões do Campeonato Paulista, eis que é com esses aí que vamos, os +ou- 28 de confiança de Mauro Ovelha. Se o torcedor avaiano queria uma época ideal para exercer a sua esperança, ela começa amanhã com o Natal e se entende até meados de março do ano que vem, quando se poderá ter um extrato da equipe montada. Antes disso será mera cornetagem ou ufanismo barato. É preciso dar tempo aos "meninos".

Leitor infiel

| 9 comentários
"Avaixonados - Para o pessoal desse site, quero dizer que nem sempre tudo está errado, mesmo porque precisamos também reconhecer os feitos da diretoria. Aliás, durante os últimos anos, eu nunca vi uma crítica sequer de vocês ao Zunino, mesmo quando tinha muita coisa errada. Agora, então, ele não presta. Eu sempre mantive a minha postura crítica e de orientação, além de saber elogiar. Apenas isso. Não é uma questão de "morde e assopra". Isso é para vaselina". Polidoro Júnior, em nota na sua coluna de ontem no jornal Notícias do Dia, disconcordando do post Polidoro, morde e assopra e demonstrando que não lê o blog há pelo menos dois anos.

Pensando alto

| 2 comentários
avaí pensativo

Das coisas que não entendemos

| 0 comentários
O que estamos testemunhando de atitudes estabanadas nestes últimos anos foge a qualquer padrão daquilo que poderíamos chamar de má administração. Excessão feita aos trabalhos da área social do Avaí e do cuidado do gramado da Ressacada, a desorganização abunda em todos os departamentos, pelo menos do que conseguimos enxergar aqui do lado de fora.

As poucas pessoas competentes que hoje emprestam seus conhecimentos ao Avaí tem que conviver em meio a um tsunami organizacional que nunca termina e que atinge a instituição Avaí em cheio. Se os blogueiros avaianos estão chatos e não "viram o disco", creia, é porque toda a situação só faz piorar com o passar do tempo. E é nesse contexto que aparecem duas informações que nos fazem para para pensar.

Robinho tem sido ao longo destes últimos anos uma das peças mais inúteis do elenco do Avaí. Alterna uma boa partida a cada cinco disputadas. Se estou exagerando, com certeza é para menos. Finalmente aparecem três clubes (Ponte Preta, Portuguesa e Coritiba) com interesse no rapaz, mas por alguma razão desconhecida Carlito Arini afirma que Robinho não sai, que "está no planejamento de 2012". Cruzem os dedos.

Na outra ponta destas coisas que não entendemos, o Conselho Deliberativo realiza uma convocação para o dia 28 de dezembro, uma quinta-feira onde quem ainda não saiu da cidade, já está mais preocupado com o pipocar de fogos do reveillon. Talvez não deva ser uma coincidência que se escolha uma data tão inconveniente para tratar de algo tão importante como o orçamento para 2012. Embora não queiramos, não há como não maliciar tamanha estupidez.

Por um Avaí melhor

| 0 comentários
"Vou ser sincero, na época do Felix eu não estava nem aí pra bastidores do Avaí, era resultado e só que olhava. Não sei como foi a administração dele, sei de alguns resultados interessantes. Também imagino que naquela época o tipo de dificuldade de gerir um time era outro (não vou dizer mais fácil nem mais difícil, era simplesmente outro) e hoje acredito exige-se muito mais profissionalismo que naquela época.

Mas fico MUITO feliz que parece estar surgindo uma oposição e, pelos comentários deixados por ele, de forma organizada focando não na presidência, mas em uma chapa para o Conselho Deliberativo. Um Conselho sério e fiscalizador é um ótimo primeiro passo para melhorar as coisas no nosso Avaí. Estou torcendo muito para isso ir pra frente. Maldita hora que cancelei minha carteirinha de sócio pra viajar, se esperasse por isso, capaz de mantê-la só pra ter direito a voto na próxima eleição do conselho". Comentário de Cristian Thiago Moecke

O pecado de Flávio Félix

| 5 comentários
Nitroglicerina pura. Esse é o resumo do retorno - será que podemos chamar assim? - de Flávio Félix ao cenário azurra. Após 10 anos respondendo os seus críticos exclusivamente na esfera legal, eis que ontem o advogado ilhéu resolveu escrever um pouquinho, só um pouquinho mesmo. Já foi o suficiente para abalar as estruturas firmadas e fincadas na administração Nilson Zunino e tirar dos sarcófagos aqueles que não querem ver seu poder supremo à perigo.

Félix não fez e não disse nada demais: apenas exigiu a retratação de um conselheiro do clube e externou a indignação que todos os avaianos que respeitam o Avaí tem em relação aos negócios que são feitos no Carianos sob o olhar complacente do Conselho Deliberativo, dirigentes e até mesmo da imprensa da capital. Ninguém sabe, ninguém viu, não é assim?

Se Flávio Félix cometeu um pecado, esse foi digitar a palavra maldita, aquela que não pode ser pronunciada e muito menos aplicada: transparência. Foi aí que pegou. Ato contínuo a tamanha "audácia", colocou-se em ação a antiga e famigerada tática forense de desqualificar a testemunha, ou nesse caso, a opinião do ex-dirigente avaiano. Não importa o que se disse, mas quem disse. E dá-lhe ataques pessoais.

Talvez estejamos vendo o surgimento de uma necessária e desejada oposição à administração de Zunino. Mais de 10 anos depois, já estava na hora. É democrático, salutar e sugere que tenhamos mais discussões sobre assuntos dos quais sequer temos respostas, mesmo quando solicitadas formalmente e dentro do que rege o estatuto do clube. Que o bicho pegue!

Novo pique-esconde

| 4 comentários
EDITAL DE CONVOCAÇÃO
O Presidente do Conselho Deliberativo do Avaí Futebol Clube, no uso de suas atribuições e na forma dos artigos 50, 51 e 53 dos Estatutos Sociais, convoca os membros do Conselho Deliberativo para Reunião Ordinária no dia 28 do mês de dezembro de 2011, às 19h30min, em primeira convocação, com a presença da maioria simples dos Conselheiros com direito a voto e, em segunda convocação, às 20h, com qualquer número de Conselheiros, para deliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia:
1. Leitura da Ata da reunião anterior;
2. Apresentação do Orçamento do Avai FC para 2012;
3. Assuntos gerais.
Nereu do Valle Pereira
Presidente do Conselho Deliberativo

A tão necessária transparência

| 0 comentários
avaí declaracao flávio

Repetindo os mesmos erros

| 0 comentários
Ontem o repórter Alisson Francisco, companheiro de interpelação judicial deste blogueiro, nos trouxe a informação de que o Avaí estaria trazendo Toninho, zagueiro com passagem pelo Estreito e Carlinhos Santos, volante que já emprestou seu futebol ao time da cidade que mais chove no planeta, Joinville, e a cidade dos torcedores com narizes arrebitados até hoje pela conquista da Copa do Brasil de 1991, Criciúma. Diz o repórter em seu Facebook que os rapazes de categoria duvidosa estão apalavrados com o Avaí para disputar a Série B. O detalhe mais intrigante é que Toninho é agenciado pelo Carlito Arini, Gerente de Futebol do Avaí, que já tem um outro atleta de seu portfólio, Marcinho Guerreiro, ajeitado na folha de pagamento do clube. E tudo isso porque Carlito afirma de pés juntos que ser empresário faz parte de seu passado.

Flávio Félix, indignado

| 2 comentários
"(...) Solicito ampla divulgação por todos os demais blogueiros. Vamos começar a discutir com profundidade, transparência e ampla divulgação as coisas do clube. O nível será o escolhido pelos adversários. Responderei no mesmo tom. Ofensas, serão remetidas ao crivo do judiciário". Esse é o parágrafo final de um texto do ex-presidente do Avaí, Flávio Félix, em resposta a uma acusação de um conselheiro no blog Nobre Azurra. Para ler o texto completo clique aqui.

Vai com Deus

| 2 comentários
Chega ao fim um dos símbolos dos equívocos de Zunino e cia no ano de 2011. Trazido do Internacional de POA por Alexandre Gallo, o técnico da "nova geração", Daniel, o Cone, teve seu contrato de empréstimo rescindido pelo Avaí. O lateral plantado - mas põe plantado nisso - retorna ao Beira Rio sem nunca ter dado qualquer sinal de ser um jogador de série A. Com essa decisão a diretoria avaiana assume que não é jogador nem para a série B. Quando vimos as gargalhadas dos torcedores Colorados no dia do anúncio do jogador... hum... boa coisa não seria. E não era.

Polidoro, morde e assopra

| 0 comentários
Dispensável Um determinado jornal poderia abolir a palavra "exclusivo" quando se refere à entrevistas do presidente do Avaí. Isso é só o que o Zunino faz desde quando assumiu o clube. Ele não respeita a imprensa em geral, foge das entrevistas coletivas e vira as costas para a torcida inteira. Muitos blogueiros avaianos estão possessos. Depois a mídia se afasta do clube e os puxa-sacos do presidente avaiano perguntam por quê?

É capaz Quando critico o presidente João Nilson Zunino não é nada pessoal, mas apenas uma análise das suas atitudes como dirigente. Entendo que o Zunino reúne total capacidade de retornar o clube para a Série A, pois ele sabe o caminho das pedras. A minha bronca é porque ele passa poderes para pessoas erradas, ou seja, qualquer um conta uma historinha e ele cai na hora.

Encontrado

| 3 comentários
Avai William

Com voz fininha

| 5 comentários
Apesar de tudo, entendo que ainda seja necessário seguir um certo rito cerimonial no tocante a preservação da pessoa de João Nilson Zunino no cargo de presidente do Avaí. Por isso de não gostar da postura subserviente adotada no caso de William. Na matéria do Infoesporte lemos que Zunino não temeu dizer-se triste por não ter suas ligações atendidas pelo jogador: "Eu esperava que ele me atendesse. Também não sei dizer o porquê que ele não atendeu, mas a gente esperava que sim. Nem que fosse para ele dizer que está de férias e que não poderia vir".

Logo depois entrega de bandeja que chegou a ligar para Adriano Spadotto, o empresário de W9, apelando para que ele apelasse a W9 para retornar aquelas ligações que não foram atendidas. Conseguiu entender, leitor? Quando esperava que a matéria terminasse com uma palavra mais forte do presidente, eis que brada em baixa voz: "O William é um jogador que tem a cara do Avaí. Nós temos uma admiração, um profundo respeito por ele. Apenas por a gente querer usar de transparência, ficamos chateados por ele não ter atendido para ele dizer se poderia vir".

Gente é tudo de bom

| 0 comentários
A Sociedade Alfa Gente, fundada em abril de 1978, é uma entidade filantrópica que atua nos bairros menos favorecidos da cidade de Florianópolis, atendendo comunidades consideradas de risco social. Nos seus 32 anos de existência, sua forma de atuação concentrou-se no desenvolvimento comunitário da Caeira do Saco dos Limões, Morro da Caixa, Mocotó, Monte Cristo e Vila Aparecida, onde implantou creches com Programas de Desenvolvimento Infantil e Ações Educativas Complementares para crianças e adolescentes.
NOSSA MISSÃO
Possibilitar a cada criança e família a busca da satisfação de suas necessidades básicas de nutrição, saúde, higiene e educação, oportunizando a construção de sua própria história para a transformação social.

NOSSA VISÃO
Atuar como agente de transformação social contribuindo com a construção de um mundo mais justo, digno e igualitário.

NOSSOS OBJETIVOS
. Manter Centros de Educação Infantil de alta qualidade, com atividades de alfabetização e formação profissional;
. Contribuir com o processo educativo e as potencialidades das crianças e adolescentes;
. Promover a extensão do ensino médio e universitário através de estágio supervisionado.

NOSSO RESULTADOS
Nestes 32 anos de atuação, a Sociedade Alfa Gente promoveu efetivas transformações nas comunidades atendidas, com excelentes indicadores educacionais e sociais:
. Redução dos índices de evasão escolar, de desnutrição das crianças atendidas e da criminalidade nas comunidades;
. Aumento da renda com a liberação das famílias para o mercado e da qualidade da saúde das crianças atendidas;
. Acesso ampliado aos conhecimentos culturais (passeios à museus, teatros, cinemas, feiras e espaços históricos);
. Proteção das crianças atendidas, reduzindo sua exposição aos riscos do uso e tráfico de drogas e da marginalidade. www.alfagente.org.br

O Wally do Avaí

| 8 comentários
Se entendi bem, nenhum jogador do Avaí era obrigado a a realizar os exames médicos nessa semana, aí incluso William. Ovelha não queria perder tempo, quer saber com quem pode contar e de quebra ter dados preliminares das condições físicas dos meninos, aí incluso William. Mas como emprego com um salário base de R$20 mil não é algo muito fácil de se encontrar em qualquer esquina, todo mundo apareceu, aí excluso William. Também não apresentou suas razões e nem atendeu ao telefone.

Zunino, que é e sempre será uma mãe, está chateado. Se o jogador não fechar com ninguém pelos quatro cantos do planeta, chegará no dia 2 de janeiro e assumirá a faixa de capitão sem nenhum problema. Não é o caso de colocar seu passe à venda ou multá-lo: ele nem era obrigado a aparecer e atender telefonemas, mas o atacante avaiano de 2011 não está agindo nem como ídolo da torcida de um clube e muito menos como capitão de seu time.

Voto e passatempo

| 1 comentários
O jornalista carioca José Ilan, titular máximo do blog do Ilan, está promovendo essa semana uma votação online para medir a popularidade dos times brasileiros na internet. Hoje de manhã o Avaí estava com 592 votos, 0,27% do total, o que o colocava um pouco atrás do Criciúma, Joinville e Figueirense. A disputa vai até as 23:59hs de hoje e quem sabe ainda possamos virar esse jogo. A essas alturas do ano, tá valendo participar até de campeonato de cuspe à distância. Clique aqui, acesse o blog e vote na opção certa. Na certa, entendessi?

Acabou a mamata

| 0 comentários
avaí ovelha

Simples como o futebol deve ser

| 2 comentários
Muito boa a entrevista de Mauro Ovelha hoje no programa Debate Diário. Sem frescuras, falando o básico do futebol e não inventando bordões típicos de quem quer ser pré-aprovado pela opinião pública. Embora de sangue doce, já deu dicas de seu modo de trabalho em pelo menos duas ocasiões. Disse que uma das condições colocadas a Zunino e Arini era ter um máximo de 28 jogadores no elenco: "Mais que isso não dá pra trabalhar". E agora, pediu a diretoria que os exames médicos acontecessem nessa semana para não perder quatro dias em plena pré-tempora. Perfeito, sem palhaçadinhas.

Pelo menos mostra a cara

| 0 comentários
Desde o anúncio de Carlito Arini como Gerente de Futebol do Avaí deixei claro meu descontentamento: seu histórico de empresário, o currículo como dirigente, o temperamento explosivo, só para citar alguns pontos. Até dediquei-lhe um post para reafirmar isso (aqui). Entretanto quero reconhecer que até o momento não se escondeu de ninguém. Vira e mexe põe a cara pra bater e mata no peito questões que nem seriam de sua alçada. Virou um para-raio de Zunino e cia. Embora saiba que no início tudo são flores, por enquanto posiciona-se para o que foi contratado.

Prates, o colorado injuriado

| 6 comentários

Yes, nós temos Pirão

| 3 comentários
Ontem a primeira leva de reforços se apresentaram na Ressacada. O leitor sabe que faço distinção radical entre as palavras reforço e contratação (algumas contratações só fazem o elenco enfraquecer), então pode estranhar chamar de REFORÇOS esses rapazes semi-desconhecidos que chegam. Sendo direto, não é possível ter um elenco mais fraco que o de 2011. Se tiverem só um pouquinho de vontade de correr, só um pouquinho mesmo, já farão mais que as bagaceiras trazidas por Zunino, Mauro Galvão, Gustavo Mendes e Luiz Alberto.

As duas situações curiosas se deram com William e Pirão. Batoré não apareceu e nem deu satisfação. Se está negociando com outro clube, fazendo pressão sobre a diretoria ou apenas blefando, essa postura não é de um ídolo e capitão da equipe. Provou que não é uma coisa nem outra. Está incorrendo no mesmo erro de 2009, onde fez das tripas coração para sair do Avaí. Já Pirão, declarou que preferiu o projeto do Leão da Ilha (Catarinense e série B) ao do Santos (Paulista, série A e Libertadores). Vai trabalhar na Coca-Cola, Pirão.

@MauroOvelha se liga aí

| 0 comentários
Lições que o Barcelona precisa aprender - via Luiz Nassif

1) Quando se está na frente no marcador, melhor recuar o time e jogar no contra-ataque. É emocionante ver zagueiro comemorando bola para a lateral.

2) Esse time comete erros semelhantes aos da seleção brasileira de 1970: fica tocando bola prá lá, prá cá (até prá sair da área). Onde estão os velhos e bons zagueiros que chutam para o alto, pois enquanto a bola está lá em cima não há perigo de gol! Além disso, O Barcelona insiste em alcançar o gol adversário reiteradas vezes: ora, vitória por 1x0 ou por 4x0 vale três pontos!

3) Faltas. Onde já se viu um time que comete tão poucas faltas! É muita moleza para os adversários. E mais: o Barcelona deve contratar reforços, preferencialmente atacantes especializados em trombar com zagueiros para que o árbitro assinale faltas ou, quiçá, penalidades máximas.

4) Substituições: alguém precisa ensinar a cada jogador do Barcelona que, ao ser anunciada a substituição, ele deve se esparramar pelo chão, de preferência, se contorcendo, com aquela expressão de que ficará meses afastado.

Enfim, essas são as principais lições. Se o Barça segui-las, não terá em sua temporada, como teve este ano, uma derrota, uns três ou quatro empates e gente do mundo inteiro querendo ver seus jogos. Dica de leitura do leitor Livramentos

Pedidos para Papai Noel

| 1 comentários

Os maiores vices do Brasil

| 1 comentários
01. São Paulo ................................. 37 vezes
02. Flamengo .................................. 34
03. Vasco ........................................ 33
04. Cruzeiro ..................................... 28
05. Atlético-MG ................................ 27
06. Corinthians ................................ 27
07. Internacional .............................. 25
08. Palmeiras ................................... 24
09. Botafogo .................................... 23
10. Grêmio ....................................... 22
11. Fluminense ................................ 20
12. Santos ....................................... 15
Obs: apenas finais disputadas entre os doze clubes listados

As bolas estão trocadas

| 4 comentários
É interessante como esses rapazes milionários do futebol brasileiro reagem ao insucesso. Não o encaram de frente, mas preferem passar ao largo, minimizar as consequências e fazer uso de alguma desculpa esfarrapada que engane o ingênuo torcedor. Ainda sobre o passeio do Barcelona sobre o Santos, é ridículo que Muricy (R$750 mil mensais) venha dizer que não é nenhuma vergonha perder para o Barça. Claro que é, da forma que foi, é sim. Poderia ter sido goleado, mas pelo menos correndo em campo. Nenhum técnico daqui sacaria Ganso e Borges que apenas caminhavam no gramado, pois ainda tem-se a fantasia que a habilidade do brasileiro pode decidir uma partida de um momento para outro. Adeus coletividade. Enquanto hoje a Europa joga aquele que seria o futebol brasileiro, o Brasil tenta à duras penas imitar o antigo futebol europeu.

Apresentações e disciplina

| 0 comentários
Até 2 de janeiro, quando inicia a pré-temporada do Avaí novamente em terras gaúchas, muita água ainda vai passar por debaixo da ponte. Por água leia-se contratações. As primeiras apresentações já acontecem nessa semana, mas nada impede que ainda se tente trazer uma lateral direito e um meia decentes. Posições que se tornaram uma "lenda" na Ressacada.

A condição física dos jogadores preocupa. Os últimos dois anos foram de DM cheio e time andando em campo. A comissão técnica do Avaí vai ter que chegar mais junto. Esses meninos mimados precisam de disciplina já que suas habilidades minguaram. Como diria Romário, treinar pra quê, não é mesmo? O problema é que no Brasil já não há mais Romários.

É simples mas não é fácil

| 3 comentários
"Para chegar a este nível de jogo, foi preciso que houvesse as gerações anteriores. Os jogadores atuais viram as atuações dos que jogaram antes pelo clube, que também jogavam muito bem. (...) Formamos jogadores a custo zero. Dos 11 jogadores que começaram como titulares, nove foram revelados nas categorias de base. (...) O que tentamos fazer é tocar a bola o mais rápido possível. Na verdade, é o que o Brasil sempre fez, segundo me contavam meus pais e meus avós". Palavras de Guardiola, técnico do Barcelona, após a conquista do Mundial Interclubes.

A experiência de ser um All Black

| 1 comentários
Acompanho com interesse o suporte de Marketing que as marcas esportivas dão aos seus patrocinados. Um bom exemplo aqui no Brasil é o que a Nike faz em relação ao Corinthians. Trabalhos primorosos que geram milhões em vendas de produtos alvinegros. Já no exterior nada se compara ao que a Adidas faz em relação aos All Blacks, a seleção de rugby da Nova Zelândia. Para gerar expectativa em sua turnê pela França, a empresa criou um vídeo sem imagens. Sério. A ideia é fazer o fã sentir a saída do vestiário, a respiração dos atletas, o delírio do público e o Haka. via MKT Esportivo

Não é nada pessoal, apenas paixão

| 0 comentários
Por que eu reclamo - texto de Felipe Silva, involuntariamente porta-voz deste blogueiro-corneteiro
Juro por tudo que é mais sagrado que todos os dias eu acordo pensando em algo pra elogiar no Avaí. Entro no site, leio os jornais on-line, busco na blogosfera e nas rede sociais. Mas tá difícil encontrar algo, viu? A sucessão de erros e decisões estapafúrdias beira ao inacreditável.

Eu não queria que fosse assim. Não tenho nenhum prazer em ficar cornetando meu próprio time nem faço isso por qualquer tipo de interesse. Se o Avaí fosse um clube sério e vencedor, eu seria o primeiro a pular do parapeito do setor A, pegar o presidente João Nilson Zunino no colo e dar três voltas olímpicas com ele na Ressacada.

Quem me conhece sabe que eu não gosto de falar mal das pessoas. Às vezes malho a diretoria aqui ou no Twitter e depois fico com pena de alguns profissionais que estão lá. Conheço pessoalmente alguns funcionários do Avaí, com outros já conversei nas redes sociais, são pessoas bacanas e bem intencionadas. Mas não adianta, o sangue ferve a cada vez que vejo mais uma patetada saindo dos muros da Ressacada.

Não é nada pessoal. É só paixão.
Por isso, reclamo e continuarei reclamando. Reclamo porque vou a praticamente todos os jogos, sou sócio desde 2006, viajo para ver o time jogar, compro material oficial, defendo o clube nas discussões futebolísticas, catequizo os amigos de outros estados a torcerem pelo Leão, enfim, eu faço a minha parte como torcedor. Quero que o clube faça a sua parte comigo.

Reclamo porque amo o Avaí e quero vê-lo sempre bem. Não cobro que ganhe todos os jogos, que seja campeão sempre, mas que me dê motivos para me orgulhar dele. Aliás, dos 88 anos de história do clube eu tenho muito orgulho. Do momento atual é que me envergonho.

Uma aula de futebol profissional

| 2 comentários
Foi o jogo de um time só, com 71% de posse de bola e que meteu um 4x0 ao natural. Do ponto de vista tático, esse é o resumo da decisão do Mundial Interclubes. Por isso o que me chamou a atenção foi a diferença de cultura esportiva entre estas duas escolas de futebol, a brasileira e a européia.

Estudar o adversário
É uma mentira repetida por nossa cultura tupiniquim. Jogadores saudáveis, fortes e bem remunerados caminham em campo por longos minutos até que resolvam fazer jus aos seus polpudos salários. O público pagante que se dane, “estamos estudando o adversário”. Esqueceram de dizer isso para o Barcelona. Desde o toque inicial até o último minuto só querem saber de si, de aplicar tudo o que sabem e lhes foi exigido por seu técnico, o senhor Guardiola.

Jogar no erro do adversário
Também não informaram isso ao técnico do Barça, que não quis saber de esperar o adversário. Faz o óbvio, marcando com quatro e até cinco jogadores a saída de bola da “vítima”. Benazzi, Gallo e Toninho Cecílio, obviamente, não são adeptos dessa estratégia "suicida". Preferem jogar com “inteligência”. Muricy Ramalho é outro que não quer marcar antes de sua intermediária.

Administrar o jogo
Chegando para a etapa final com 3x0 no placar, ninguém se importaria se não tivesse mais jogo. Nós, brasileiros, compactuaríamos com a equipe catalã em levar a partida em banho-maria até o final. Mas Messi quase fez o quarto gol com 30seg e os outros companheiros do argentino também não pensaram em "poupação". E por falar em se poupar, porque os milionários jogadores do Barcelona correm, marcam e lutam o tempo inteiro e não se cansam? Ganso pode andar por uma hora e meia que nada lhe acontece. Vai Messi fazer isso pra ver se não pega um banquinho, vai.

A entrevista de Zunino

| 5 comentários

Até os promoters vazaram

| 0 comentários
Acabamos 2011 entristecidos. O desalento está no ar e o torcedor avaiano está feito canário na muda, quietinho e esperando as novas penas que oxalá virão pelas mãos de Carlito Arini. A alegria está em recesso. Na agenda não temos nenhum daqueles eventos de confraternização que reuniam avaianos em torno de uma desculpa gastronômica para curtir as amizades (quase sempre) sinceras. Nesse ano nem os entendidos em "encher a pança de comida e a cara de cachaça" deram o ar de sua graça. Os promoters avaianos vazaram. Ou também estão na moita, até porque ninguém seria tão ingênuo de promover um encontro para as moscas. Zunino não iria. Luiz Alberto também não. Forever alone garantido. Sequelas que se dissiparão assim que a bola rolar.

Fofoca, só fofoca

| 4 comentários
Em tempos de recesso do futebol, o que sobra são as negociações e os ameaços de negociações. Há quem se estresse com isso, fique irritado com as informações plantadas por jornalistas e empresários ávidos por encorpar a sua ceia de natal, cada um vendendo o seu produto final. Eu, particularmente, me divirto muito. É animado, até porque as bizarrices se sucedem hora a hora. Ontem mesmo engrossaram os boatos da vinda de Fernandes e Aloísio, ambos do primo-segundo do Estreito. Antes de ensaiar aquele biquinho, lembre-se que seriam dois reforços de um clube de série A, coisa que o Avaí não é no momento. E sobre a "origem" de ambos, vamos combinar, ultimamente o Avaí tem feito o Scarpelli de almoxarifado de emergência. O que já veio de gente de lá é uma grandeza. Mais dois, por certo, não abalariam as pilastras da Ressacada.

Por enquanto, nenhuma certeza

| 1 comentários
Não gosto de Carlito Arini. Nunca gostei, desde o primeiro momento da divulgação de seu nome. Não vou com a cara dele, vou com a minha. Não sabe se comunicar. É mais um a carecer desse dom básico pelas bandas da Ressacada. Também já aprendeu o jeitinho zuniniano de sair pela tangente e não dizer coisa com coisa mesmo com muitas palavras. É o homem encarregado de formar o elenco do Avaí para 2012. Se acredito em sua competência? Não. Se é homem de confiança de Zunino, então precisa provar o contrário. O que acho dos jogadores arrebanhados nesses dias? Nada, por enquanto nada. Quando a bola rolar, aí sim, poderemos ter mais certezas que dúvidas. Até lá só nos resta torcer para que as aparências - e currículo - nos enganem.

A gente já sabia, mas não precisava

| 0 comentários
Se faltava uma declaração oficial de que os anos dourados da administração Zunino teve Luiz Alberto como o único arquiteto, agora não falta mais. Num ataque de sinceridade batido no liquidificador com uma boa dose de rancor, LA foi taxativo em declarar a imprensa paranaense que a relação que mantém com o Coritiba é muito diferente do que aquela que teve com o Avaí e o Paraná Clube. E a razão é muito simples: "Essas duas equipes não tinham pessoas profissionais e competentes como no Coritiba". Vamos e venhamos, mesmo sabendo que Luiz Alberto não disse nenhuma novidade, ainda assim foi extremamente infeliz em desdenhar uma parceria que rendeu tantos lucros. Se ficasse em silêncio continuaria parecendo superior aos nosso cartolas.

O Avaí é grande

| 0 comentários
avaí camisa uniformeSim, meu estimado leitor, não é porque a vaca foi pro brejo em 2011 que haveremos de esquecermos que a nação azurra está aí nas ruas louquinha para presentear aqueles que lhes são queridos. O Avaí é grande, somos muitos, e cada um mais apaixonado que o outro. Tudo bem que o clube perdeu o timing das vendas de Natal não lançando um novo uniforme para 2012 ou qualquer outro produto direcionado, mas há uma demanda latente lá fora. Penso que os homens e mulheres de negócios do Avaí precisam arregaçar as mangas, lançar mão de ideias inovadoras que atraiam o seu público não só para as compras, mas principalmente para junto do clube. Então, mãos à obra!

Baita desserviço, tchê

| 5 comentários
A cada dia que passa mais se confirma a opinião que os cartolas da Ressacada tem do Grupo RBS, que sempre apoiou o Avaí. Ontem tivemos dois casos clássicos de favorecimento editorial com vistas a amaciar as informações nebulosas que circulam no nosso planeta azurra.

No programa Debate Diário, das 13hs, Miguelito declarou com todas as palavras ser uma vergonha uma instituição com 88 anos de história se prestar a ser uma espécie de Tombense, clube onde empresários "esquentam" o seu portfólio. A intervenção de Carlito, via telefone, foi intempestiva e pouco esclarecedora. De prático, apenas informar o empréstimo de Urso até maio de 2015 por R$240mil, o equivalente a 10 Celtas cabeças-de-boi. Quando Miguel iniciou-se a rebater, Roberto Alves chamou os comerciais e na volta o assunto passou a ser o... Figueirense.

Uma hora mais tarde, às 14hs, também numa das salas do Grupo RBS, a participação de Zunino num chat com torcedores foi uma pantomima.
Propositalmente os responsáveis pela seleção das perguntas só deixaram passar as menos "cabeludas", passando ao largo daquelas que tocam a sua administração em pontos mais sensíveis. Ao final, como que por encanto, várias palavras de apoio e confiança de "internautas desinteressados e que estavam ali por acaso".

Caindo na real

| 1 comentários
Triste constatação. Ainda choramos as mágoas da queda para a segundona. O ressentimento e a vontade de esganar os estúpidos que rezaram tão bem a cartilha do rebaixamento são latentes. Embora ainda não digerido, não há mais nada a se fazer a não ser lutar novamente. Mas hoje, ao entrar no portal do Globo Esporte, deu aquele aperto de ver que o escudo do Avaí já não estava entre os 20 melhores clubes do Brasil. Agora é preciso dar um clique a mais, ir para a página de trás, quando então aparecem nossos novos vizinhos: ABC, ASA, CRB, Boa, Ipatinga, Guaratinguetá... Phoda.

Uma imagem

| 1 comentários
avaí marquinhos

Direto do chat

| 7 comentários
Pergunta - Sr. Zunino, se um executivo fosse responsável por sua empresa e os resultados fossem iguais aos seus no Avaí nos últimos dois anos, o senhor não o demitiria?
Zunino - Pelo último ano dava-me vontade de demitir o presidente. Entretanto, quando analisamos internamente temos responsabilidade que não podemos tomar medidas drásticas como essa porque o Avaí poderia ser o maior prejudicado.

Pergunta - Presidente, a torcida queria que o Avaí mantivesse o Urso e o Caçapa e não ficaram. A torcida em peso queria que dispensassem o Robinho e o mesmo ficou. Por que sempre fazem o contrário que a torcida quer?
Zunino - O Urso é um jogador do Avaí que estava no Paraná e que gostaríamos de continuar com ele. Todavia, é muito difícil explicar alguns fatos que ocorrem por exemplo no decorrer da montagem do clube por ceder o Júnior Urso, que continuará sendo do Avaí. E aceitar do Coritiba jogadores importantes também para outra posição o torcedor vai ver que sem dúvida não houve prejuízo para o futebol azul e branco. O Caçapa é uma questão de valores (...).

Com relação ao Robinho, ele é um atleta fundamental para que sejamos campeões catarinense no próximo ano. Ele é nosso e, ao contrário da colocação do internauta, é um jogador de altíssimo nível, extremamente comprometido com a equipe e não é preciso dizer muito dele. Ele era titular num Santos que foi campeão paulista este ano.

A Tombense somos nós

| 4 comentários
Cléverson estava escondido na Chapecoense. Foi campeão estadual, mas ainda assim, escondido. O Avaí foi buscá-lo e a elite do futebol brasileiro ficou sabendo quem era Cléverson. Fez gol de bicicleta e tudo. Até saiu no Fantástico. E foi aí que os empresários atuantes da Ressacada tentaram, cada um ao seu modo, dar-lhe de mamar. E Cléverson optou por fazer parte do portfólio da LA Sports. Segundo Luiz Alberto “Conheço o Cleverson desde 2005 quando ele passou no Atlético Paranaense. Desde então eu vinha observando a evolução dele. Neste ano foi muito bem na Chapecoense e intermediamos a vinha dele para o Avaí. Agora, exercemos o direito de compra de percentuais deste profissional e vamos ajudá-lo no seguimento da sua carreira”. Xeque mate.

Tenta lá, tenta

| 2 comentários
Está começando agora, as 14hs, a participação do presidente do Avaí no chat promovido pelo clicEsportes. A ideia é responder as perguntas dos usuários de internet de forma clara e direta, o que nada mais é que uma utopia para nós torcedores. Você pode participar enviando perguntas ao dirigente azurra e torcer para que ele não saia pela tangente. Não creio que fale de quanto foi o prejuízo financeiro de 2011, das razões que o fizeram contratar mais de 60 jogadores, da ética questionável em ter seu próprio flho agenciando jogadores do clube, dos valores ganhos com todas as negociações na temporada ou porque de insistir com uma marca tão deficitária como a Fanatic.

Sem futebol, sem audiência

| 0 comentários
"Ter uma exclusividade na mão e ainda por cima um produto como o Brasileiro de Futebol é arma poderosa para gerar audiência na TV. O problema é que o campeonato acabou e não tem nada de mesmo nível para suprir a ausência do futebol. Resultado foi que a Globo registrou domingo passado sua pior audiência da história, 10,4 pontos na Grande São Paulo, onde é feita a medição. A Record cravou 7,8 pontos e o SBT teve 6,9 pontos e 17% de share. Nunca a distância entre as três foi tão pequena. Gugu conseguiu vencer Faustão. O que não ocorria há tempos. O “Programa do Gugu” registrou média de 11 pontos ante 10 pontos do “Domingão do Faustão”. Durante todo o horário de confronto de Gugu e Fausto, a Record esteve na frente. O “Domingão” chegou a marcar apenas sete pontos de audiência durante um novo quadro de pegadinhas". via Comgurus

Na terra do Pau-Brasil

| 2 comentários
Sai ano, entra ano e o Avaí continua sendo o grande fornecedor de matéria prima para o Coritiba. Ontem, enquanto Carlito Arini, mais um coitado trazido para ser o boi de piranha da vez da diretoria avaiana, permanecia em crise existencial se liberava ou não Júnior Urso para o Coxa, de manhã o volante já havia dado entrevista como novo contratado dos paranaenses até maio de 2015 e a tarde posava para as câmeras com o belo uniforme da Lotto. Junto com ele deve ir Lincoln, craque que deu seu ar da graça por aqui mas que sucumbiu diante de tanta bagaceira. Esse Avaí continua sendo uma mãe.

Os pecados de Caçapa

| 2 comentários
avaí caçapa

O Facebode avaiano

| 0 comentários
"(...) Que (o site do Avaí) nunca foi um primor, estamos cansados de saber. Que tinha falhas até grosseiras, não é segredo pra ninguém. Mas simplesmente redirecioná-lo para o Facebook é uma das atitudes mais estabanadas que os responsáveis pelo veículo já tiveram. Primeiro, não se tem no Facebook nem um terço das informações e serviços que havia no site. Segundo, você obriga o torcedor a ser cadastrado no Facebook para acessar. Terceiro, é de um amadorismo sem tamanho. Até o Caucaia, que disputa a terceira divisão cearense (!) tem seu próprio site. E o Avaí, que quer conseguir mais simpatizantes, que quer valorizar seu torcedor, que quer ser grande, redireciona o site para o Facebook (...)". Texto editado do Mundo Avaiano

A preço de banana

| 3 comentários
Todas as vezes que ouvimos sobre a negociação de um jogador do Avaí, dois sentimentos são automáticos. O primeiro é de desalento, lá se vai mais um bom atleta. Isso quando realmente o é. O segundo é o de compensação, pois pelo menos entrará uma boa quantia para o caixa do Carianos. Esse segundo normalmente não é verdadeiro. Desde a saída de Léo Gago para o Vasco, onde o Avaí ganhou parcos R$240 mil, aprendemos que o Avaí não sabe fechar um negócio realmente rentável, daqueles que lavem a égua. Pelo menos para o clube. Júnior Urso, por exemplo, está sendo emprestado para o mesmo Coritiba até dezembro de 2012 por uma merreca que varia de R$150 e R$200 mil. M10 saiu por isso aí. É fato que os cartolas daqui são fracos.

Os sonhos de Carlito

| 2 comentários
Ontem, num programa da RBS, claro, Carlito Arini garantiu que pelo menos 90% do grupo está formado. Diferentemente de 2011, quando os devaneio de Zunino e cia optaram por uma leva de mais de 60 jogadores, o novo dirigente quer trabalhar com no máximo 30 atletas. Claro que não conseguirá. Um ou outro agregado, filho de um amigo e que joga "dereitinho" deve ser acoplado ao grupo, quem não sabe disso? Diz o novo pau mandado de Zunino que os exames médicos tem início na segunda-feira, quando então terá o grupo fechado. Arini tem a intenção de emprestar alguns desaproveitados no Carianos, o que será uma tarefa entre as mais ingratas do dirigente. Se não serve nem para o Avaí, servirá para quem? Que os anjos o protejam.

Sem craques, mas esforçados

| 0 comentários

Sai o elenco bagaceira, entra o elenco competitivo. Esse é o mote da transição avaiana para 2012. Competitivo é uma característica muito próxima do esforçado. Quem não é craque, fazer o que, tem que fazer das tripas coração para se nivelar aos demais. E é justamente isso que Mauro Ovelha está tentando aglutinar ao seu redor: um time lutador. O leitor poderia se perguntar se não seria a hora de Zunino novamente despejar alguns mulhões no clube visando garantir o título estadual e o acesso à primeira divisão. Já foi feito isso antes e deu certo, então porque não agora? Porque agora, meu amigo, faltam apenas dois anos para o fim de seu mandato e talvez não dê tempo para recuperar todo o investimento. Assim posto, vamos de "guerreiros" mesmo.

Faltam o 2 e o 10

| 1 comentários
Os nomes não param de chegar na Ressacada. Às vezes no varejo, às vezes no atacado, mas não param de chegar. Zagueiros e volantes em sua esmagadora maioria, tática já experimentada nos dois últimos anos. Sinto falta de um lateral direito de função e de uma cabeça pensante ali na meiúca. E não me venham com a balela fo futebol total, onde todos jogam em todas, Isso é mentira. Arlan já não deu certo pelos cantos e Aelson é uma promessa. O Avaí merece mais. No meio ainda não temos ninguém em quem confiar. Problemas antigos e não resolvidos. M10 e Lincoln farão falta.

Robinho fica

| 0 comentários

O fantasma do Carianos

| 2 comentários
Se o leitor pemite o julgamento, penso estarmos envoltos numa crise ética. Falo isso não dos cartolas avaianos, já mais do que curtidos com o jeitinho brasileiro de fazer negócios. Me refiro aos torcedores, aqueles mais antenados que acompanham as "derrapadas" comerciais dos que estão momentaneamente à frente do clube e nada fazem de prático para demonstrar seu repúdio. Pelo contrário, muitos nos forçam a "confundir" a instituição Avaí com os seus dirigentes. Se você critica algum funcionário, você está necessariamente criticando o clube. Muito útil.

Então aparece o empresário César Sampaio dando uma entrevista sobre a rusga surgida há alguns dias e que contém um detalhe deveras intrigante.
Sobre esse detalhe Rodrigo Faraco faz um belo comentário em seu Twitter: "Li no Infoesporte Cesar Sampaio dizer que vai tratar da questão William com Carlito, Gabriel e o presidente. Quem é Gabriel? Engraçado que pessoas de foram falam nele com uma naturalidade, mas aqui não, imagina! Ele tem que ser invisível".

Sem devaneios

| 0 comentários
Muito pertinente o texto do blogueiro Marcelo Herondino no dia de ontem. Embora a diretoria do Avaí venha apresentando novos jogadores numa frequência positiva, me parece que os reforços não são assim uma Electrolux. Não por serem jogadores regionais, mas por terem em seu currículo o carimbo das reconhecidas limitações técnicas. O único que destoa desse perfil médio é o do zagueiro Leandro Silva, vindo da titularidade da Ponte Preta. Os demais, torceremos para que pelo menos se esforcem e superem a pouca expectativa sobre eles. Até segunda ordem Diego Palhinha, Renato Santos e Ronaldo Capixaba são madeira-de-dar-em-doido.

A teoria do sumiço do site do Avaí

| 2 comentários
A avaianada nerd não perdoou. Parece que temos uma teoria para a o mistério do saída do ar do site oficial do Avaí. Segundo os leitores Cristian e Heron houve uma repentina rescisão de contrato com a agência e todo conteúdo vinculado poi pras cucuias. Sem ter um site para ser apresentado, a alternativa foi usar a estratégia do Se colar, colou dizendo que a ideia era incrementar a fan page no Facebook por cerca de dois meses, dando tempo para que se formatasse o novo portal. Traduzindo: o Avaí rompeu o contrato e os caras desligaram as tomadas do site. É a nova era.

O planejamento 2011

| 1 comentários

Feito marido traído

| 1 comentários
Ontem a noite o Gerente de Futebol do Avaí, Carlito Arino (ou Mauro Galvão cover) subiu o Morro da Cruz para participar de um programa do Grupo RBS, aquele que sempre apoiou o Avaí. Quando questionado sobre a negociação de Júnior Urso com o Coritiba, foi enfático em afirmar que nada havia sido definido. Pois bem. Hoje a tarde falou que até foi procurado pelo pessoal do Coxa, mas disse apenas que "a gente está conversando, vai depender de uma série de coisas. Pode ser que venha a evoluir ou não". A parte cômica de tudo isso é que na manhã de hoje, antes mesmo das declarações de Carlito à imprensa, o mesmo Júnior Urso já dava entrevista como novo jogador do clube paranaense. Que beleza. Eis a "nova era". Toca.

O novo site do Avaí

| 5 comentários
Embora já tenha desenhado alguns sites por aí, não tenho base para analisar a estratégia de se tirar o site oficial do ar por cerca de dois meses e redirecioná-lo para o Facebook. Chamo de estratégia pois a migração de um layout antigo para o novo acontece em um apertar de botão. Então deve haver uma estratégia. Me preocupa que no filme A Rede Social, que conta a história da Facebook, Mark Zuckerberg decretou que o seu site não deveria ficar fora nem por um minuto sequer. Uma questão de credibilidade, pregava ele. Assim, todos esperamos por algo que nos surpreenda.

Gato por lebre

| 9 comentários
No último dia nove o site da Ponte Preta anunciou a contratação de seus dois novos reforços, Tiago Garça, do ABC, e Gian, do Avaí. Fico imaginando o torcedor paulista esfregando uma mão na outra e dizendo para o amigo: "Esse Gian deve ser bom, tá vindo de um time de série A". Não consigo entender as contratações que esses clubes ditos profissionais realizam. Pagam "especialistas" só para isso e acabam fazendo uma asneira dessas. Gian foi um dos piores zagueiros que passaram pelo Avaí nos últimos anos. Não sabe cobrir, cabecear, chutar, sair jogando, nada. Fosse dirigente, antes de trazer um jogador perguntaria ao torcedor do clube anterior o que ele acha do cara. Não tem erro.

Também não deu

| 3 comentários
Ontem o Avaí empatou com o Grêmio por 0 a 0 e foi eliminado do Campeonato Brasileiro Sub-20 ainda na primeira fase. O técnico Hemerson Maria, oriundo do outro lado da ponte, somou apenas dois pontos em nove disputados. Na verdade os meninos azurras foram pré-eliminados, já que encerrarão a sua participação diante do Atlético-GO, em Santa Rosa/RS. Segundo o FutebolSC a próxima competição dos juniores do Avaí é a Copa São Paulo, em janeiro. Vale o comentário que parece ainda estarmos longe de colhermos bons resultados em nossa base. É o fruto de anos de abandono em virtude do privilégio aos medalhões trazidos pelas mãos de empresários-mercadores.

Da Nike para o Curíntia

| 3 comentários
Bela homenagem da "malharia" americana alusiva ao título do Brasileirão 2011. Com locução do próprio Andres Sanchez, o vídeo traz uma frase que se originou e se espalhou entre os torcedores alvinegros, a de que o Corinthians não vive de títulos. Corinthians vive de Corinthians. Como toda campanha precisa ter começo, meio e fim inteligentes, nessa etapa a Nike reforça a decisão recente de se retirar as estrelas do uniforme do time. Coisa de quem não brinca com dinheiro e tradições.

Futebol e desilusão

| 0 comentários
Talvez sejam sequelas da fatídica final da Copa do Mundo de 1998, uma retumbante derrota por 3 a 0 da seleção brasileira para a francesa, mas desde lá a fantasia do futebol meio que se esvaiu. Falo por mim e por muitos que vivem e opinam o esporte número um do país. Depois disso surgiu uma tentativa de profissionalização dos clubes brasileiros, que de amadores passaram a ser engessados.

Profissional que esquece as pessoas não é profissional, o que vale também para qualquer empresa de qualquer segmento.
O descrédito é cristalino quando percebemos que depositamos nossa paixão num esporte onde se aceita que uma verdade não dure 24hs, que Ricardo Teixeira e Andrés Sanches sejam líderes e Neymar, mais um "produto" em mutação.

E para fechar o estado de desilusão, eis que o exótico presidente do Atlético/MG,
Alexandre Kalil, ao assumir sua estupidez por ter realizado 72 contratações nos últimos três anos, me lembrou que em apenas um ano o Avaí ajuntou 67. O que fizeram com nosso clube...

Quanto vale cada um

| 0 comentários
A Pluriconsultoria divulgou esta semana uma pesquisa que mostra os 25 times que mais se valorizaram no futebol brasileiro em 2011. Mesmo não tendo sido nenhum bicho-papão o Santos foi o grande destaque, seguido logo de perto por Vasco e Portuguesa. O Peixe venceu a Libertadores e lidera o ranking com um valor de mercado na casa dos R$141 milhões e crescimento real de 10,7%. Já o clube carioca foi o que mais cresceu em valor absoluto, 23,3%, valorizando R$12,4 milhões e valendo agora R$65,6 milhões. O Avaí ficou na 21ª posição, com desvalorização de 3,7% e valendo nesse fim de ano pouco mais de R$14 milhões.