Não canso de assistir

| 2 comentários

Os funcionários são a cara do dono

| 1 comentários
Há uma máxima de que família a gente não escolhe. O outro lado da moeda é bem mais interessante, porque amigos você pode escolher segundo a sua personalidade, aquele que melhor se encaixa em seu perfil social, por exemplo. De maneira geral temos como amigos (e funcionários) pessoas que nos são semelhantes, senão nos detalhes mas no valores essenciais.

Quando Zunino declara abertamente que vê em Toninho Cecílio o técnico ideal para o Avaí em 2012, nota-se uma escolha de cunho pessoal, de alguém que vê sua personalidade refletida na do funcionário, no homem que dará continuidade ao "extraordinário" trabalho realizado desde o clássico realizado no outro lado da ponte. A opção é pessoal e não profissional.

Ambos são teimosos, honestos, nervosos, trabalhadores, de espírito guerreiro e constantemente explosivos. É a cara dum, focinho do outro. Almas gêmeas que se completam perfeitamente à mesa diante de uma bela macarronada, mas só. Você já leu ou ouviu em algum lugar que o time do Avaí é emocionalmente instável? E você não acredita que isso seja mera coincidência, acredita?

O prejuízo da pôca prática

| 1 comentários
Resolvi dar uma espiada no cenário de cotas de TV para a série A de 2012. Os times mais miseráveis, os pobrinhos da turma, receberão pelo menos R$15 milhões apenas pelos direitos de transmissão. A série B, essa está sendo ignorada de maneira retumbante. Quem conseguir arrancar a maior fatia, não deve levar mais de R$1 milhão para os sete meses do Campeonato Brasileiro. Imagino que os os quatro clubes que cairão esse ano devam estar arrancando os cabelos da cabeça pelas "economias" realizadas em relação a treinadores e, principalmente, o investimento realizado nos jogadores ditos promessas. É isso aí, incompetente tem mais é que pastar.

As mazelas que nos contam

| 9 comentários
É irritante ouvir seguidamente as desculpas primárias que são apresentadas pelos treinadores após cada infortúnio do Avaí. Quase dois anos dessa palhaçada verbal. Causa enjôo essa mania de desconversar com meias verdades o que todos enxergam de forma cristalina. Haja criatividade para convencer o torcedor das mexidas estúpidas realizadas ao longo de uma partida.

Desde que chegou em Florianópolis Leandrinho se mostrou como um jogador desnecessário. Vê-lo jogar nos atiça os instintos primitivamente paternos. A vontade que dá é pegá-lo no colo até conseguir fazer algo de útil. Mas então vem Toninho Cecílio na coletiva pós-jogo e justifica a colocação do rapaz por ser "um meia que articula bem, vira o jogo com habilidade e acrescenta muito ao time". Como é possível dizer tanta asneira, hein, Toninho?

Semana Ceará

| 1 comentários
Essa é a sina da nação azurra: começar a segunda-feira tentando esquecer o final de semana. Todos os olhos e esperanças se voltam pelo que há de vir, ou seja, o próximo jogo. A pergunta do momento é: Ceará que ganharemos do Ceará? É assim há 32 rodadas, 100% do campenato, sempre lá da zona de rebaixamento. Sem medo de errar, isso não é digno de um clube que um dia se disse profissional. Apesar de todo o "apoio" dos adversários diretos, o máximo que conseguimos ontem foi aumentar o percentual de figurar na próxima segundona: de 89% agora estamos com 96%. E diante desse aproveitamento ridículo, coube ao presidente Zunino a declaração mais insólita da semana: Quero Toninho Cecílio em 2012. Bizarro.

Depósito de mortos-vivos

| 1 comentários
avaí pateta tumulo

Porque todos já sabemos

| 5 comentários
Fazer uma crônica de pós-jogo do Avaí se tornou uma espécie de "Vale a pena ver de novo" das tardes na TV Globo. O jogo de hoje, como já comentado, não era aquele onde esperávamos conquistar os três pontos. Essa não era uma daquelas batalhas da vida (ou morte) do Avaí. Entretanto, a maré de boa sorte iniciada ontem com os maus resultados dos adversários diretos ao rebaixamento foi reforçada nessa tarde e fez com que o "crime" fosse possível.

Um Avaí irreconhecível
O Corinthians fez um primeiro tempo ruim, fruto também da boa marcação exercida pela equipe azurra. Foram 45min taticamente bem conduzidos pelo Avaí, principalmente depois que Ruimbinho abriu o placar aos 12min. Jogo surpreendentemente controlado e até com boas possibilidades de aumentar o placar. Isso até o final da primeira etapa, o que já deixa o torcedor avaiano cabreiro porque todos já sabemos o que costuma acontecer depois do intervalo, não sabemos?

Um Avaí conhecível
Aí veio o "vestiário" e todos nós já sabemos o que acontece depois desse maldito vestiário, não sabemos? Pra piorar o Corinthians teve Leandro Castán expulso aos 5min, o que não é nada bom porque todos já sabemos o que acontece depois que o Avaí passa a ter um jogador a mais em campo, não sabemos? Pôcademora os alvinegros já tinham virado o placar e Toninho Cecílio saca da manga Robert, Leandrinho e Fabiano. Mas todos já sabemos o que acontece quando Leandrinho e Fabiano entram em campo, não sabemos? Pois é, mais uma derrota de virada.

Quem sabe dá

| 1 comentários
Como comentado no post anterior, o Corinthians deve vencer o Avaí daqui a pouco no Pacaembu. As diferenças de elenco, o momento psicológico e o fator local são diferenças enormes, diria até decisivas para que se aponte o favoritismo alvinegro. E é exatamente por esse contexto de desigualdades que consigo enxergar um "aborto da natureza" em São Paulo.

Se aponto o empate com o Palmeiras aqui na Ressacada como o momento que determinou nosso trajeto certeiro para a série B, creditaria ao jogo de hoje a ressurreição para a série A de 2012. Delírios, eu sei, mas depois dos bons presságios advindos dos resultados de ontem, não me admiraria que hoje o Avaí colocasse a taça no colo do Vasco da Gama.

O Corinthians não terá o meia Alex, vetado pelo DM e o lateral Alessandro, suspenso. Já o Avaí não contará com Bruno, o que abre brecha para Toninho Cecílio optar
por Pedro Ken ou Diogo Orlando. Mas todos sabemos que o feijãozinho com arroz é um prato que costuma ser desprezado pelo treineiro. Noves fora, todos grudados na tela a partir das 16hs.

Domingo das bruxas

| 0 comentários
Os resultados dos três jogos que abriram a 32ª rodada não poderiam ter sido melhores para o Avaí. É quase um milagre composto. Atlético/PR, Cruzeiro e Ceará perderam as suas partidas e estacionaram em suas respectivas más posições. Resta-nos hoje torcer por uma derrota do Atlético/MG, do Bahia e, claro, por uma vitória do Avaí sobre o Corinthians.

Respondendo secamente, não, não acredito que o Avaí vença. Os caras tem um time fortíssimo, brigam pelo título do campeonato, jogam dentro de casa e o estádio estará lotado de vozes alvinegras. Esse não é o jogo da vida do Avaí. Não é esse um daqueles que temos que vencer. O empate já seria um feito. E o Haloween, que é amanhã, bem que poderia começar hoje.

Homenagem a Paulo Lopes

| 0 comentários

Zunino quer Cecílio em 2012

| 3 comentários
"A repetição de erros é uma das maiores características desta gestão. Errar é humano, dizem. Repetir no erro, entretanto, é tansice. Os anos 2000 foram marcados por isso: repetição de erros absurdos, ano após ano. Eu me sentia como aquele português da piada, que, ao ver a casca de banana à frente, lamentava que iria escorregar nela em breve.

2011 foi uma cópia fiel de 2010 e 2012 promete ser igual. Renovar com um treinador incendiário para o início de um novo projeto é repetir a mesma cagada desse ano. Todos sabiam que iria dar errado. E não é que deu? Além de renovar com Cecílio, é capaz de permitirem a contratação de seus homens de confiança (Romanos e Acleissons) do Guaratinguetá". Eduardo Roberge Goedert via Orkut

Sem muitas alterações

| 0 comentários
Toninho Cecílio, o sonho de consumo do presidente Zunino para a temporada de 2012, apela novamente para o segredo em relaçao à escalação do Avaí. Revelou, entretanto, os relacionados para a partida do Pacaembu. Gian, Caçapa e Cássio seguiram com o grupo. Será um prenúncio de três zagueiro de ofício e sem improvizações? Duvido. Toninho Cecílio tende ao complicado.

Diogo Orlando, Acleisson, Fabiano e Pedro Ken disputam a vaga do suspenso Bruno. No mais, TC, o imexível da Resssacada, leva para sampa: Goleiros: Felipe, Fernando Silva; Laterais: Daniel, Fernandinho; Zagueiros: Gian, Caçapa, Cássio; Volantes: Acleisson, Diogo Orlando, Urso, Fabiano; Meias: Pedro Ken, Lincoln, Cleverson, Leandrinho; Atacantes: William, Robert, Robinho e Coelho.

Ameaça de um Pacaembuzaço

| 0 comentários
O Corinthians não pensa em outra coisa. A torcida alvinegra que lotará o Pacaembu, também não. Na vice-liderança do campeonato a equipe paulista conta com uma vitória sobre o "fraco" Avaí para não perder o Vasco de vista. Perder seguer um pontinho amanhã para o combalido Leão da Ilha de SC nõ passa pela cabeça deles. Os três pontos são uma questão de tempo e paciência, nada mais que isso.

O cenário nos remete a dois resultados extravagantes: uma goleada do Corinthians ou, pasme, uma vitória sofrida do Avaí. Delírios à parte, jogo com estas possibilidades. Aí para o mundo, para o campeonato, porque a zebra do século estará instalado nos redutos de Andrés Sanches. Sim, amanhã o Avaí pode definir o campeão de 2012. Loucura.

Eram três blogueiros que se amavam

| 1 comentários
avaí amigos

Pode passar a régua

| 3 comentários
Hoje me sobrou um tempinho e resolvi estrear num desses sites de estatísticas do campeonato brasileiro. Fui preenchendo os resultados de cada jogo só para ver no que dava. Na primeira tentativa não deu outra: Avaí na série B. Lógico que não poderia parar por aí. Tudo zerado e com uma dose extra de positivismo... novo rebaixamento do Avaí. Diabos. Desespero tomando conta, parte-se para as projeções levando em conta o etéreo, o improvável, aquela mão amiga de todos os santos. A mão do blogueiro inclusa. Aí fechou. Não importam os 90% de possibilidades de queda, a fé (puts) aponta para o Avaí na série A de 2012. Não quero nem saber. Pode passar a régua e preparar o champagne do reveillón. Só não pode é continuar com Toninho Cecílio, né Zunino?

Bons tempos de megalomania

| 3 comentários
avaí Arena ressacadaE então, lembras dessa maquete? Claro que lembras. Corria o ano de 2008 e embalados pelo retorno à série A, a diretoria azurra apresentava o projeto da Arena Avaí. Um espaço multiuso monumental que fez as Barbies do Estreito roerem as suas unhas. Menos de 24hs após o anúncio, "elas" já haviam batizado o colosso do Carianos como a "Arena Emília". Criativo.

"No sábado, show para até 20 mil pessoas, no domingo, jogo do Avaí para 30 mil torcedores", era essa a ideia-conceito da obra que estaria pronta até 2012. A contrutora seria a WTorre, essa mesma que hoje contrói a arena do Palmeiras, e o
projeto era do arquiteto português Tomás Taveira. O protocolo de intenções chegou a ser assinado pelo CD do Avaí. Não tocaram.

Na miúda

| 0 comentários
Embora um pouco ansioso pela escassez de informações sobre o Avaí, gosto desse posicionamento de poucas palavras colocado em prática pelos atletas e comissão técnica. Um exemplo clássico disso foi uma única declaração, e ainda assim de revesguei, de Daniel sobre a "capa motivacional" do jornal Marca. Vez por outra aparece um aqui e outro ali, mas a tônica é de manter a boca fechada prá módi de não entrar mosca. Os dirigentes, sim, esses poderiam falar alguma coisa, qualquer coisa, mas já é sabido que só aparecem após às vitórias. Mas também não adiantaria muito. Eu, pelo menos, não acredito em nada do que eles falam. Nada. Nada mesmo. Toca.

Valores desproporcionais

| 5 comentários
Ontem o Borussia Dortmund anunciou a Puma como nova patrocinadora do clube. A empresa pagará cerca de R$17,5 milhões por temporada até 2020. Aqui no Brasil, em 2009, o Vasco anunciou contrato de cinco anos com a Penalty recebendo quase R$13 milhões por ano além da reforma dos vestiários e loja temática em São Januário. Esses cases de sucesso me lembraram o contrato firmado entre Avaí e Fanatic que rendeu menos de R$64 mil em 2010 com a venda de materiais esportivos. E isso sem nenhum valor de luva. Deve haver uma explicação para isso. Tem que haver.

Um Avaí pregando peça

| 1 comentários
O jogo de domingo contra o Corinthians são favas contadas, certo? Nem tanto. Particularmente acho que os paulistas são tão favoritos, mas tão favoritos que periga o Avaí fazer o crime do século no Pacaembu. Sério. Além da necessidade "deles", que por certo os fará vir para cima desarvoradamente, Toninho Cecílio já começa a esboçar uma defesa mais compacta. Sem Bruno, suspenso, quem sabe testemunhemos três zagueiros-zagueiros em São Paulo. Cássio entraria e formaria o "muro" junto com Caçapa e Gian. Isso aí me agrada, menos o Gian. Fonte base FutebolSC

Homenagem a Balneário Camboriú

| 4 comentários
A capital administrativa do futebol catarinense.

Opa, muito obrigado

| 8 comentários
O leitor já sabe de que no que depender do ufanismo desse blogueiro o Avaí nunca chegará à Dubai, Tóquio ou qualquer país que pague pelos direitos do Mundial de Clubes. Entretanto a capa do jornal Marca de hoje (clique para vê-la melhor) é daquelas para injetar quantidades letais de ânimo nos jogadores avaianos. Corinthians x O fraco é phoda. Tá, é verdade, fazer o que, mas põe isso aí na frente dos meninos de TC. Imagino que já se pense em imprimir a capa do Marca para ser colocada no mural do vestiário. Dá para produzir um bannner de 1x1,40m com menos de R$50. Vamu, vamu, Avaee!

Oposição, não tão cedo

| 3 comentários
Legal esse novo foco que começa a engrisar entre os torcedores avaianos. Há um desconforto visível com o modelo administrativo do clube, com excesso de negócios em detrimento do futebol propriamente dito. E os que deveriam fiscalizar, esses são motivo de chacota. Entretanto sou cético a essa tomada de consciência pontual. E se digo pontual é porque ela vem a reboque da má situação da equipe no campeonato brasileiro. Não, estou estou dizendo que seja um movimento oportunista, longe disso, mas é apenas uma das consequências do sentimento generalizado de derrota.

Não é apenas o clube, o torcedor avaiano também é um "bebê" na elite do futebol brasileiro. Como já comentado anteriormente, hoje estamos pré-formatados apenas para ajuntamentos festivos, mobilizações de apoio ao time e outros eventos assemelhados. Não sabemos protestar, exigir e muito menos fiscalizar. Ganhou tá bom. Eu, você e todas as muriçocas da ilha sabemos extatamente o que vai acontecer no final desse ano. Caindo... "A hora é de união dos verdadeiro avaianos". Escapando... "Aprendemos a lição. Vamos fazer diferente". E todos mantém os seus empregos. Toca.

Lá no topo da tabela

| 0 comentários
Após 31 rodadas olhando para baixo, creio termos nos acostumado a não prestar muita atenção na região onde as equipes brigam pelo título brasileiro de 2011. Parece ter havido uma formatação a tudo o que diz respeito a realidade do Avaí, então o interesse num jogo de grandes pode perder fácil para um meia-boca sem a menor cerimônia. No próximo sábado, por exemplo, a partida do Botafogo (3°) contra o Cruzeiro perde fácil em termos de "importância" para as outras do mesmo horário, Santos x Atlético/PR e Ceará x Fluminense. Secar é preciso. E muito.

Um terceiro uniforme simpático

| 5 comentários

Pessoal de visão, esse aí

| 8 comentários
Mais uma vez o Depto de Marketing mais lucrativo do Brasil sai na frente. Os homens de negócios do Corinthians decidiu mudar o símbolo que o clube vem utilizando nos últimos anos, aposentando as cinco estrelas (quatro Brasileiros e um Mundial de Clubes) e aumentado o tamanho do escudo.

Decisão corajosa e inteligente de um clube antenado nas mais modernas e rentáveis práticas de gerenciamento de MARCA. Mas imagino que essa mutação não deva estar acontecendo ao som de apalusos da Gaviões da Fiel, claro que não. É muito complicado fazer o torcedor entender que a representação visual de sucessos passados sejam tirados das vistas apenas com a justificativa de se aumentar as dimensões do escudo.

A intenção do Marketing Corinthiano é perfeito, diria até que óbvio. O torcedor se identifica muito mais com o ícone que representa o clube do que com as conquistas dele. A paixão esportiva leva a isso naturalmente. E se é assim, porque "atrapalhar" a visualização do que realmente interessa? Ademais, evita-se o problema de se ter um produto obsoleto a cada conquista. A economia do clube será enorme.

A diretoria paulista até soltou uma nota buscando conscientizar o torcedor, mas terá que ter paciência com a avalanche de críticas que se seguirão por meses à fio. No final vai dar tudo certo, o caixa do clube que o diga. Um dia falaremos a "amarelinha" do Avaí, a do título da série C.

Atitude de um presidente

| 2 comentários
O São Paulo trouxe Emerson Leão como última aposta do presidente Juvenal Juvêncio. O dirigente paulista deu um ultimato ao grupo, afirmando que mais uma temporada sem títulos ou vaga na Libertadores será brindada com o desmanche do elenco: "Se esse time não for para a frente com um novo técnico, no final do ano chegamos à conclusão de que não é técnico, é time. E teremos que modificá-lo". Imagino que o torcedor bambi deva receber estas palavras como música aos ouvidos. Insucesso faz parte do esporte, mas que seja acompanhado de atitude.

Quando dezembro chegar

| 2 comentários
Como comentamos aqui na segunda-feira, após 10 meses finalmente o Avaí tem um time base em 2011. Um bom time, eu diria. As chegadas atrasadas de Fernandinho, Caçapa, Júnior Urso, Lincoln e o "descobrimento" de Cléverson determinaram um acréscimo de qualidade à equipe. Faltam sete jogos, destes, alguns onde dependeremos de millagres. Eles serão úteis.

Bons jogadores trazem à reboque empresários interessados em dar uma vida melhor aos seus pupilos, projeto de vida que a diretoria avaiana não costuma atrapalhar. Ainda ontem no Twitter o primeiro boato fala do interesse do Coritiba por Júnior Urso. Daqui a pouco Zunino nega, o que será a deixa para nos despedirmos de Urso. É isso aí. Toca.

De sangue doce

| 1 comentários
Dia meio parado na Ressacada. Só pra não dizer que não aconteceu nada, algumas declarações otimistas de um e outro jogador. O mantra de ir atrás do "impossível" no domingo contra o Corinthians está na ponta da língua e o sangue relativamente doce. Ninguém espera outro resultado que não a vitória alvinegra. Eles jogam dentro de casa, com o apoio da torcida e com um time muito mais qualificado que o do Avaí. É o favorito ao título contra o vice-favorito ao descenso. Jogo bom para os meninos da Ressacada. Se perderem, tudo bem, não era esse o jogo. Se ganharem voltam com o status de semideuses do Olimpo. Nesse caso o nosso Olimpo aqui da ilha, o Morro da Cruz.

Homenagem a Ilhota II, a redenção

| 2 comentários
Depois dos protestos pela primeira versão da camisa em homenagem a Ilhota, capital catarinense da lingerie, espero que essa acalme os leitores mais "empolgados".

Aproveitando, reitero a proposta de seriedade sarcástica do blogueiro. A maioria dos leitores percebe essa característica do blog. Outros, mais emotivos, veem mais um tijolinho na conspiração que intenta derrubar o Avaí.

Respeito todas as opiniões, principalmente as críticas, mas não tem jeito: sou um caso perdido no ítem politicamente correto. Até porque em time que está vencendo não se mexe, não é isso mesmo, Toninho?

É assim que se faz, ó

| 2 comentários
Uma bela ação do Avaí, a instituição, em promover a visita de 22 alunos (acompanhadas por seus pais ou responsáveis) de uma escolinha de futebol da cidade de Rio Fortuna. A molecada teve a oportunidade de acompanhar a partida entre Avaí e Botafogo e foi "pé quente" mesmo.

Me chamou a atenção que durante o jogo realmente vibraram com o Avaí, o time, e devem ter voltado para casa com os corações um tanto quanto azulados. Isso sim é interiorizar a MARCA Avaí de maneira profissional. Achei a ação tão bacana que fui buscar mais informações.

Foi então que soube que toda essa muvuca foi agitada
pela Diretoria de Ação Social, dirigida pela D. Nesi Brina Furlani que está a frente do projeto “Escolas na Ressacada”. Sem mais delongas, Nesi para presidente ou, no mínimo, diretora de Marketing do Avaí.

O pão nosso de cada dia

| 2 comentários
Começou a corrida pelo equilíbrio financeiro de 2012. O cenário inspira cuidados extremos e se tudo der certo não veremos o faturamento anual de R$35 milhões cair para menos da metade. Na semana passada a WOA renovou seu contrato de patrocínio, atitude já esperada por uma empresa que também depende da fidelidade de seus clientes. Deu o exemplo. Caso saísse justamente agora, numa (possível) época de vacas magras, veria o seu conceito de confiabilidade ser colocado em xeque por toda SC. Fez a sua parte e demonstrou que é uma empresa inteligente.

Os craques avaianos

| 1 comentários
Se o avaiano tem um motivo de satisfação, esse motivo atende pelo nome de Lincoln. Sem poesias lacrimejantes, o fato é que o 99 do Avaí tem apresentado todo o futebol que dele se esperava e uma identificação com a torcida que ninguém esperava. Não bastasse ser um craque, o "jogador de aluguel" respeita as cores do clube como poucos deste enorme elenco. Não "comeu, bebeu e dormiu" desde que chegou, o que já o torna diferenciado. Como prêmio por esse curto e belo currículo, já recebe a honra de ser comparado a Marquinhos, com direito a enquete e tudo mais.

Vocês são lindos

| 0 comentários
Frase famosa, essa. Era o bordão-súplica repetido à exaustão pelo então presidente Fernando Collor de Melo antes, durante e depois de ter sido pego com aquele Fiat Elba sem precedência definida. Sim, meu querido, um presidente já foi deposto nesse país por causa de um Fiat Elba. Mas mudando rapidinho de saco pra mala, essa semana começa com a tática de exaltação à torcida avaiana.

Declaração sinceras se misturam com aquelas que tentam aplacar qualquer desconforto por um possível insucesso no campeonato brasileiro. A ideia, acredito eu, é que mesmo levando o clube para a segunda divisão, "esses aí" sejam reverenciados como guerreiros por terem dado o seu sangue pela nossa causa. Sim, a nossa causa, porque a deles é outra. Bobinhos.

Jamile Moreira

| 7 comentários
avaí gata jamile

Que o leite não derrame

| 1 comentários
Mais de 10 meses após o início da pré-temporada em terras gaudérias, parece que podemos finalmente dizer que o Avaí tem uma espinha dorsal formatada. Note, não é um time e muito menos um elenco, mas uma base para fazer um bom feijão com arroz dentro da quatro linhas.

Após um período de instabilidade Felipe provou aos céticos a sua condição de titular. O experiente Caçapa tem qualidade, não há como negar. Fernandinho vai se firmando pela ala esquerda e Júnior Urso conseguiu dar mais consistência a cabeça da área. Lincoln, a melhor contratação do ano, dispensa caracteres. Na frente, Cléverson e Willian formam uma boa dupla de atacantes.

As carências na ala direita, na zaga, cabeça da área e no meio ainda são sentidas, mas tenho certeza que com esse grupo-base desde o início da série A as coisas seriam bem diferentes. Independente do "se's" e da hora avançada dessa constatação, o negócio é olhar pra frente e tentar alcançar o que poucos ainda esperam: a ressurreição.

O chamado ao torcedor

| 4 comentários
Procurei e não encontrei a informação oficial sobre o público presente na Ressacada no último sábado. Apelando para o olhômetro, algo em torno de nove mil pessoas assistiram Avaí e Botafogo, o que seria pouco em função da situação de "porteira aberta". Por outro lado, até que não.

Não bastasse a péssima campanha do clube no campeonato brasileiro, a verdade é que o torcedor não aguenta mais ir ao estádio para assistir um mau futebol seguido de derrota e humilhação por parte da torcida visitante. Os botafoguenses fizeram isso durante quase todo jogo, o que é sofrido para nós, os donos da casa, mas sorrimos por último.

Tenho a convicção que a diretoria demorou para se antenar da importância do camisa 12. Nossa média pós-promoção está em cerca de nove mil torcedores por jogo, o que é um assombro para um time nessa situação. As coisas poderiam estar diferentes. Oxalá não tenha sido tarde demais.

Malditos Atléticos

| 6 comentários
Há algumas rodadas reclamávamos que todo mundo ajudava o Avaí, menos o Avaí a si mesmo. Os adversários entregavam jogos de bandeja e pontos preciosos eram disperdiçados sem a menor cerimônia. Ah, se o Leão resolvesse fazer a sua parte. Foram várias rodadas na mesma batida.

Pois exatamente quando o Avaí resolve fazer o dever de casa, todo mundo decide truncar nossa missão quase impossível de garantir um lugar ao sol na série A de 2012. A vitória sobre o Botafogo não nos permitiu, por exemplo, sair da vice-lanterna geral. Já é quase nossa por usucapião.

O Atlético/MG decidiu vencer o Fluminense, o Atlético/PR desencantou contra o Ceará e o Cruzeiro, filho de uma mãe, bateu o Atlético/GO. Conforme você pode ver na tabela do post anterior, nesse momento o Avaí está há quatro pontos do Galo Mineiro, o primeiro fora da Z4. Ainda temos sete rodadas para tirar essa diferença. A agonia continua.

Capítulo 31

| 0 comentários
avaí tabela

Pelos poderes da maçã gigante

| 6 comentários
Ontem o Avaí inovou. Dando o exemplo de que "reciclar é preciso", reutilizou um ícone da coleção das camisas em homenagem às cidades catarinense. O uniforme do goleiro Felipe, já usado no jogo Avaí 0x2 Vasco, apareceu novamente na partida contra o Botafogo, desta feita com vitória. Não sei a razão que por ventura tenha gerado essa reedição, mas gostaria que a "moça" desaparecesse dos vestiários. Oras, necessitando urgentemente de um aproveitamento de campeão, tudo o que não precisamos é de um uniforme feinho pra chuchu e com histórico de 50% de insucesso.

Fecha a rodinha, fecha

| 2 comentários
"Guerreiro, guerreiro, time de guerreiro". Torcedor é um cara engraçado, vamos combinar. Bastou uma vitória, umazinha, sofrida, tomando um sufoco do Botafogo e o torcedor já exalta esse bando de jogadores amontoados por Zunino e Luiz Alberto. E ao final da partida, num momento ensaiado para a imprensa e os remanescentes no estádio, uma rodinha de oração no meio do gramado. Deu certo.

Mas se você pensa que sou contra esse jogo de cena, engana-se redondamente. À essas alturas do campeonato tá valendo tudo. Qualquer atitude que venha somar para atingir o quase impossível é bem vindo, ô se é. Se o grupo está fechado mesmo e quer fazer merchand disso, fiquem à vontade, mas que fique claro que sabemos o que não foi feito nas 30 rodadas anteriores, ok? "Guerreiro, guerreiro, time de guerreiro". Toca, meu filho, toca.

Os gols de Avaí 3 x 2 Botafogo

| 0 comentários

Esse é o tom

| 4 comentários
O Avaí já poderia estar 100% morto. A essas alturas deve estar o que, uns 90% morimbundo? Não sei ao certo, mas a vitória de hoje fez o torcedor voltar a sonhar com o quase impossível. E se o pulso ainda pulsa com ajuda de aparelhos, só nos resta entrar nesse thriller com os dedos cruzados para amanhã. No jogo Atlético/PR x Ceará não pode haver um vencedor e o Atlético/GO precisa vencer o Cruzeiro. No mais o desejo é que as palavras de William sejam levadas à sério pelo restante do elenco: “Hoje a gente conseguiu uma vitória muito suada, no sacrifício. É gostoso vencer, então vamos para vencer o Corinthians lá também. Vamos pra cima deles. Espírito guerreiro".

Sorte de quem ainda pode mais

| 0 comentários
Vitória importantíssima diante da muito boa equipe do Botafogo. Jogo nervoso, um Avaí mais antenado e Toninho Cecílio, como sempre, descabeçado. Mais sorte que juízo, eu diria, mas a sorte jamais sorri aos mortos. Essa é a esperança etérea a que se agarra o torcedor avaiano. Felipe só não fez chover. Compensou a baixa qualidade do time, as bobagens do treinador e o momento psicológico adverso. Como diria Zunino, extraordinário. Caçapa conseguiu "anular" o tesloucado Gian. Lincoln, esse dá gosto de ver jogar. Um dos melhores jogadores que já passaram pela Ressacada nos últimos anos. Cléverson, que gol foi aquele, meu filho? Há mais a se falar, mas de momento só o que importa são os 3x2 que esticam a agonia ou podem promover o milagre. Em tempo: Lucas, és o "cara".

Aos jogadores do Avaí

| 0 comentários
avaí alma

Meu estranho amigo

| 4 comentários
De agora até o apito do árbitro ainha há uma infinidade de tempo para você convidar um amigo, parente ou colega para te acompanhar até a Ressacada. Hoje, acompanhante de locatário de cadeira não paga, então nada impede de você dar aquela mão amiga ao clube com mais um goela extra. E caso chegue ao estádio foreveralone, procure localizar um torcedor com cara de cachorro pidão nas áreas dos portões de entrada. Pegue o estranho pelo braço e jogue-o pra dentro custe o que custar. Vamos fazer a diferença também nas arquibancadas. A listra da camisa da foto é azul marinho.

Para não virar cinzas

| 1 comentários
São muitos os obstáculos a serem vencidos hoje pelo Avaí. O primeiro, obviamente, é o bom time do Botafogo que vem a Florianópolis para sair com os três pontos. Depois temos a baixa qualidade do time avaiano, composto de muitos jogadores indignos de uma série A brasileira. Daí chegamos ao fato de ainda não termos um time titular e ao desespero emocional proveniente de estar na zona de rebaixamento por todas as 30 rodadas anteriores. Deu?

O torcedor avaiano ouve o apito inicial do árbitro sabendo que o Avaí terá que fazer três gols, porque "é certo" que Felipe verá dois beijarem suas redes. O sofredor azurra também sabe que o time não pode sair na frente, pois ao longo do campeonato o Avaí demonstrou ser o time da virada: ninguém toma mais virada no placar que o Avaí. Fato.

Cláudio Caçapa, 35 anos, sem jogar há meses e vindo de lesão é nossa experança. Juro por Deus. Toninho Cecílio promete liberar os meias para a criação (sabia que estava faltando alguma coisa. Era isso). Lincoln retorna e Cléverson deve ser mantido como titular. Isso é bom. Quanto ao Botafogo, nem me dei ao trabalho de buscar informações. Não interessa. Temos que vencer e pronto.

Galatasaray, jogador + torcida

| 0 comentários

O Avaí bem na foto

| 2 comentários
Pipocou hoje o ranking nacional de faturamento. Em 2010 o Avaí ficou bem na foto com o segundo maior crescimento percentual de receitas entre os clubes brasileiros. Com um total de R$31,9 milhões, o Leão da Ilha obteve um impressionante up de 52% em relação a 2009. Os dados do clube ficaram atrás apenas do Santos que registrou a maior alta (66%).

Em 2009, ano em que o Leão retornou à Série A, o Avaí já havia liderado o ranking. Com R$21 milhões de receitas, o clube cresceu 152% em relação à temporada de 2008. Considerando o acumulado 2008-2010, o clube cresceu 284% em receita, sagrando-se o campeão disparado das últimas três temporadas. Dinheiro não é problema, é solução.

Na soma do faturamento de 2010, o Avaí ficou em 15º lugar, com R$31,9 milhões de receita. Neste quesito, o Corinthians manteve a ponta, com R$212 milhões. Em segundo, ficou o Internacional com R$200,7 milhões e em terceiro o São Paulo com R$195,7 milhões. Vamos torcer para que os dirigentes avaianos tenham tido habilidade para administrar essa boladinha.

Apenas a lamentar

| 3 comentários
O que é essa Copa de 2014, hein? É uma bagunça só. Exemplo rápido, os estádios que estão sendo erguidos com dinheiro público em Manaus, Cuiabá e Natal receberão apenas quatro jogos da Copa cada, a um custo, por jogo, de R$125 milhões, R$115 milhões e R$100 milhões, respectivamente. Nenhum desses três Estados possui um time na série A do Campeonato Brasileiro. Já na série B, apenas o Rio Grande do Norte tem um representante: o ABC de Natal.

O Campeonato Amazonense deste ano teve 80 jogos, sendo que o público de todas as partidas somadas chegou a 38 mil pagantes, o que seria insuficiente para encher a Arena da Amazônia, que tem capacidade para 42 mil pessoas. A média de público do torneio foi de menos de 450 testemunhas por jogo. Nos outros estados a situação não é muito diferente. Para ler a matéria completa clique aqui.

Homenagem a Maracajá

| 1 comentários

Os meninos super poderosos

| 2 comentários
No treino técnico desta manhã na Ressacada, com os portões devidamente fechados, Toninho Cecílio praticamente definiu a equipe titular que entra em campo amanhã para enfrentar o Botafogo: Felipe; Daniel, Caçapa, Gian e Fernandinho; Urso, Bruno, Lincoln e Robinho; Cleverson e William.

Felipe continua prestigiado, Cássio e Pedro Ken cedem suas vagas, Cléverson novamente não foi "esquecido" e Robinho, o imortal, segue como o jogador mais querido de todos os tempos e de todos os técnicos do Avaí. Na verdade Robinho é o jogador "mais identificado" com esse time.


A lista completa dos relacionados para a partida é essa: Bruno, Caçapa, Cássio, Cleverson, Daniel, Diego, Diogo Orlando, Fabiano, Felipe, Fernandinho, Fernando Silva, Gian, Júnior Urso, Leandrinho, Lincoln, Pedro Ken, Robert, Robinho, William. Se os jogadores não estão na ordem por posição e a coisa está meio embaralhada a culpa é do site de Avaí de onde copiei e colei sem edição.

Torcida na berlinda

| 1 comentários
Não se discute a importância da partida entre Avaí e Botafogo. Um almeja mais uma sobrevida no campeonato e o outro não quer perder os líderes de vista. O azul e branco não quer cair e o alvinegro quer ser campeão. Cores que nos lembram um adversário próximo e indigesto, todo bobinho porque já carimbou seu passaporte para a série A de 2012. É phoda. Com portões "praticamente abertos", o torcedor avaiano se verá cobrado em sua fidelidade. O clube precisa e o ingresso não é desculpa, então "Vamos lotar a Ressacada", claro. Claro, nada. Dificilmente o leitor encontrará esse tipo de forçação de barra, essa injusta pressão psicológica aqui no blog. Se super humanos já são uma raridade da natureza, o que dizer de super torcedores? No Brasil, talvez, só a do Santa Cruz e mesmo assim com aquela força amiga das notas fiscais e sem terem sido enxotados pela própria diretoria.

Imposto sobre sites e blogs

| 4 comentários
O Palmeiras pensa em taxar os sites que usem a sua marca e que tenham receita com a venda de anúncios. O clube pensa, inclusive, em tomar medidas legais para impedir que situações como essa aconteçam livremente. Os donos destes endereços virtuais devem ser chamados para uma reunião para repartir esse bolo, digamos assim.

O Palmeiras está certíssimo. Proteger a sua MARCA e fazer com que esses lucros advindos dela sejam compartilhados não é mais que obrigação. O clube não pretende cobrar sites de cunho jornalístico, que normalmente empregam os escudos de clubes. O foco, pelo menos no início, serão fóruns, blogs e sites que usem o símbolo palmeirense e gerem lucros.

Como o leitor pode perceber, o blog já se adiantou e eliminou as possibilidades dos assessores de Zuzu em tentar arrancar um cascalho desse pobre avaiano. Depois dos últimos anos de alvoroço canguinha da direção azurra, todo cuidado e prevenção ainda é pouco. Bobeou os caras vão querer socializar prejuízo até com as rifas do Vascaíno. Fonte base Máquina do Esporte

Separados por uma campanha

| 1 comentários
avaí campanha

Eu me amo, meu Avaí

| 2 comentários
Pois então, na falta de um time que realmente mereça a reverência do torcedor, nada mais resta que nos lambermos mutuamente em odes de engrandecimento a nós mesmos, os torcedores do Avaí. Ok, ainda temos um restolho de esperança suspenso no ar, juntinho às cinzas do vulcão chileno que decidiu emporcalhar a lataria dos carros a ilha, mas é uma esperança franzina, combinemos.

Depois de praticar os preços mais elevados do futebol brasileiro, a diretoria azurra hasteia a bandeira do amadorismo de forma explícita ao transcender a prática do "resto de feira". Os dirigentes foram além e implantaram os portões abertos. Nesse sábado só paga quem quer, um desfecho mais que combinandinho com a inovadora estratégia "Eis o planejamento".

Que a tradicional "queima de natal" não contemple apenas jogadores e comissão técnica, pois a verdadeira incompetência avaiana habita as salas refrigeradas e de tijolinho à vista da Ressacada.

Direto no ventilador

| 1 comentários
O ex-presidente do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia, candidato declarado à presidência do clube, em dezembro, e adversário do atual presidente, Marcos Malucelli, resolveu divulgar os salários de 21 jogadores do atual elenco rubro-negro. Sua intenção seria denunciar as rusgas internas do elenco em função da disparidade presente na folha do clube. Entre os contra e a favor da atitude do dirigente, questiona-se o momento de trazer tal informação à baila. Quem sabe antes poderia surtir mais efeito. A seguir lista resumida divulgada por Petraglia:
Branquinho .............. R$ 70.000
Cleber Santana ....... R$ 165.000
Edigar ...................... R$ 2.500
El Morro ................... R$ 120.000
Fabricio ................... R$ 55.000
Guerron ................... R$ 68.000
Heracles .................. R$ 6.000
Kleberson ................ R$ 210.000
Marcelo Oliveira ....... R$ 70.000
Marcinho ................. R$ 100.000
Pablo ....................... R$ 6.000
Paulo Baier ............. R$ 140.000
Wagner Diniz .......... R$ 85.000
Wendel ................... R$ 82.500

Me leva, tio

| 5 comentários
Ontem uma nota no site do Avaí informou de mais um arrego para a torcida na tentativa desesperada de ocupar pelo menos 50% da capacidade da Ressacada: já valendo para a partida deste sábado contra o Bota, não haverá necessidade de cadastro prévio junto à secretaria do clube para que se tenha o direito de levar um acompanhante na faixa. Diria que é um "portões abertos" mais organizado, mas ainda assim portões abertos.

Se normalmente nenhum torcedor é forçado a ir a um jogo do Avaí, vai quem quer, desta vez ninguém será forçado a ficar em casa sentado no sofá. Problema de preço não existe mais. Basta aos sem-carteirinha montar campana na entrada do portão do setor de sua preferência (olha que chique) e ao perceber um torcedor forever alone, garrá seu braço e recitar o mantra da humildade interesseira: "Não tô matando, não tô robando. Me leva, tio".

Os intocáveis

| 2 comentários
É proibido criticar técnico e árbitro - Luís Augusto Símon, o Menon
"(...) Ninguém é obrigado a ser treinador de futebol. Ninguém é obrigado a se juiz de futebol. São duas profissões bem rendosas. Um técnico de time fraco da Série B ganha em torno de R$20 mil por mês. Em um time bom da Série A, fatura R$20 mil reais por dia. Um técnico de time pão-duro como o São Paulo ganha R$150 mil por mês, R$5 mil por dia.

(...) quem tem a "ousadia" de defender a demissão de um técnico é chamado de ultrapassado, de alguém que não conhece os modernos caminhos de gestão, afinal é fácil mandar embora um técnico e não todos os jogadores. "Na Europa, não se demite, o cara tem tempo de trabalhar". Ah, é? E quantos técnicos teve o Real Madrid desde que Messi, Xavi e Iniesta resolveram fazer do futebol uma celebração, do orgulhoso Real apenas um freguês catalão? Ah, e quando o treinador é demitido, ainda recebe uma multa. No mínimo, os salários a que teria direito até o final do contrato.

Dorival Jr. afinou para o Ganso e brigou com o Neymar? Vai embora do Santos, mas leva uma grana. É eliminado pelo Barueri em casa? Vai embora do Atlético, mas leva uma grana.
É muito injusto com o time, mas a culpa é dos dirigentes que se tornaram reféns de "professores" tão pouco qualificados. Os críticos pedem clemência com os treinadores.

Mas, como manter um treinador que perde, sem nenhuma reação, um clássico por 5 a 0? Ou outro, que, perdendo por 3 a 0, troca um lateral por outro? Ou o terceiro, que perde três Libertadores seguidas? Saiu e ganhou em outro time? Parabéns, Muricy é um grande técnico, mas onde estava não rendia mais. Tinha de sair. Em todo campo de atividade humana é assim.


E o supercampeão que não ganha um título há dez anos? O time dele leva de seis, perde título em casa para time de segunda divisão, não engrena, é endividado por contratar jogador pedido por ele e Felipão não merece uma crítica? Criou-se, baseado em méritos passados, a tese de que, sem ele, tudo seria pior no Palmeiras. Será? Eu não sou autoritário, mas quando vejo tanta gente boa defendendo, com eloquência, o emprego de árbitros e treinadores tenho vontade de castigá-los".

Homenagem a Saudades

| 3 comentários

A dúvida do próximo desmanche

| 3 comentários
O Joinville acaba de garantir sua presença na série B de 2012. O Criciúma já está lá e o Avaí vai seguindo o "Eis o planejamento" ao pé da letra para fazer companhia aos co-irmãos do interior do Estado. Zunino e seus muitos assessorem não veem a hora de confirmar essa força-tarefa catarinense na segundona nacional. Mas como tudo o que se refere ao Avaí se apresenta de ponta-cabeça, nos dividimos entre a alegria e a apreensão pela tradicional "queima de natal" da Ressacada. Se por um lado apoiamos o xaupati para toda essa bagaceira, por outro provaremos novamente o sabor amargo de iniciar uma temporada sem um time base. Por incrível que pareça Jec e Cricri já estão na frente.

Pago para ver

| 5 comentários
Interessante a nota de Polidoro Júnior em sua coluna de hoje no ND: "Uma cobrinha influente nas hostes avaianas estava em certa roda de amigos, na semana passada, quando um jovem avaiano, filho de um influente ex-dirigente do clube, que teve problemas no coração nos últimos anos, deixou escapar que o pai dele deve assumir o Avaí em 2012. Mesmo, se for o caso, na Série B".

Nesse momento alguns amigos mais próximos das redes sociais devem estar dando uma risadinha malévola de canto de boca. Isso porque as palavras acima batem com a informação extra-oficial que lhes havia passado há cerca de dois meses dando conta da existência de um "bolão" entre os jornalistas da Capital sobre o mês em que Zunino deitaria o cabelo de seu cargo.

Por mim - e que isso fiquem bem claro - João Nilson cumprirá seu mandato integralmente, se não me engano até janeiro de 2013. Após 30 anos de espera, foi o homem que trouxe o sonho dourado da série A para a Ressacada, o que não o impediu de meter o pé na jaca em apenas três. Faço questão de testemunhar o que o presidente fará em 2012 antes de sua foto ir parar numa parede de ex-presidentes do Avaí. Pode sair caro, pode representar mais um ano de letargia, mas pago para ver o fim dessa saga.

Praticamente completo

| 0 comentários
Toninho Cecílio está em papos de aranha. Poucas vezes (talvez nenhuma) teve tantos jogadores à sua disposição. Daniel, Pedro Ken e Lincoln estão retornando. Cássio já se recuperou e retornou a equipe, caminho que está sendo trilhado por Cláudio Caçapa. Até ele próprio, o Cecílio, pode sair do camarote para dar aquele banho de tecnicidade à beira do gramado. Contusões e punições não poderão ser usados para explicar qualquer desastre diante do Botafogo. "Ah, mas Rafael Coelho está suspenso". Rafael Coelho não é desfalque, não hoje.

Homenagem a Trombudo Central

| 4 comentários

Renato maluco, mas não muito

| 7 comentários
"Quando Adilson Batista chegou ao Avaí conseguiu uma sequência de nove vitórias (se não me engano). Moretto no gol; Cléverson e Estrada nas alas; Cássio, Gian e Bruno na zaga; Ken, Urso e Lincoln no meio; William e mais um na frente (se for o caso aumentem o bicho de Robinho). Que seja o Mauro Ovelha. Necessidade de uma injeção de adrenalina urgente. São as quatro vitórias em casa, ingressos a R$5. Que se belisque um crime contra o Coxa. LA deve saber o "caminho das pedras" para vencê-los. Isso dá 41 pontos, com esse baixo nível do futebol brasileiro ainda tem chance". Renato

Esperem sentados no ponto

| 9 comentários
As Barbies estão se empapuçando de tanto tirar sarro da nossa cara. Estão devolvendo com juros e correção monetária tudo o que fizemos com elas em 2008. Era o Avaí subindo para a série A e o Janelense defenestrado para a B. Bons tempos. A ironia dessa história é que os avaianos nem estão se importando muito com a perseguição rosada. É que por mais que se esforcem, a segunda torcida de SC não consegue superar a direção do Avaí quando o assunto é desprezar a nação azurra. Estão todos na toca, acomodados, calados, mortos, eu diria. Esperem sentados, por exemplo, por uma nota sobre a lambança dos ônibus que iriam para POA com 90 coitados pagadores de boleto de cadeiras azuis.

Não há comando

| 2 comentários
Atualmente não há nada de bom para se comentar sobre esse Avaí. Pode-se celebrar o retorno de Lincoln, mas o papo acaba por aí. Uma linha. Mas de todas as informações pessimistas oriundas da Ressacada, a ausência de comando do clube é a que salta aos olhos com maior espanto. O presidente Zunino tem demonstrado uma fraqueza de atitude superior até mesmo àquela do ano passado, quando largou a barca nas mãos de uma curriola de incompetentes.

A continuidade de Toninho Cecílio no cargo de treinador é inexplicável, um deboche para com a instituição, uma prova cabal que o principal dirigente do Avaí não acredita mais na permanência na série A. Também não lutará por isso. E se é assim, busque-se imediatamente o técnico que fará a transição para a temporada 2012, já realizando a depuração do grupo para a nova realidade.

Esqueçamos aqueles de R$120mil e que venha um esforçadinho de R$20mil, o que não é pouco. A menos que técnico seja realmente uma figura decorativa na Ressacada.

A vergonha é nacional

| 1 comentários
Os números explicam perfeitamente o estado de caos que assistimos dentro e fora das quatro linhas. E vice-versa. Não bastasse ser o único clube brasileiro a estar na zona de rebaixamento desde a primeira rodada e ser o campeão nacional de contratações com 63 atletas arregimentados nesse ano, eis que o Avaí alcança o fosso da pôca da vergonha ao conseguir ter uma defesa pior que a pior defesa da segunda divisão. O setor defensivo montado por Zuzu e cia é mais vazado do que a do Duque de Caxias, lanterna da série B: 63 contra 59. Não cair não será apenas um milagre, mas também uma injustiça. Em tempo: Toninho Cecílio continua prestigiado.

Zunino está certo

| 3 comentários

Cobranças sem sentido

| 1 comentários
Creio que está havendo um equívoco por parte do torcedor. Um grande equívoco. Me chama a atenção as cobranças que os avaianos fazem entre si para que antes de criticar essa diretoria se apresentem soluções. "Criticar é fácil, difícil é fazer" é o jargão da imputação de culpa. Papo reto: o torcedor não têm que apresentar nada além de sua presença e pulmões de apoio no estádio. Essa é a parte que nos é destinada nesse minifúndio esportivo e o clube deixa isso bem claro.

O uso da palavra SÓCIO é apenas uma engabelação para dar a impressão que fazemos parte, estamos dentro, que temos o poder de decidir alguma coisa. Migué básico. "Sócio" é ter o dever de pagar o aluguel de uma cadeira para sua bunda e nada mais. Os "profissionais" hoje à frente do Avaí não foram forçados a nada, muito pelo contrário. Lutaram para convencer outras pessoas que eram competentes para essa missão. Não foi uma missão herdada. Foi pedida, conquistada e celebrada.

Cada enxadada é uma minhoca

| 1 comentários
São 63 gols sofridos em 30 rodadas. Média superior a dois por partida e com uma coincidência de abalar qualquer pai de santo: um gol para cada jogador contratado. Isso só em 2012. É, disparado, o clube que mais trouxe atletas-promessa em todo o Brasil. Prometiam ser de série A, mas a maioria aceita passivamente a alcunha de "bagaceira" imposta por Miguel Livramento. Os negócios vão bem, obrigado. Cada enxadada (negociação) é uma minhoca (percentual de participação). O estádio está bonito, a equipe de ciclismo vai vem, mas o futebol, rã! O maior problema é que se com um orçamento anual de R$30 milhões a diretoria montou esse elenco aí, o que conseguirão no ano que vem com no máximo R$15 milhões? E tudo isso com jogos às segundas, terças e sextas.

O time mais estável do Brasil

| 2 comentários
Ontem completamos a 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o que sifgnifica mais de 3/4 da competição. E o Avaí pode se gabar de ser o único clube a estar na zona de rebaixamento desde o seu início. O único 100% do Brasil. A derrota para o Internacional elevou para 97% as chances de queda para a segunda divisão. Das oito partidas restantes o Avaí terá que vencer seis, o que significa passar dos atuais 29% de aproveitamento para um índice de 75%. O Corinthians e o Vasco, co-líderes do campeonato, têm aproveitamento de 60%. Anote o que ainda temos: Botafogo (C), Corinthians (F), Ceará (C), São Paulo (F), Cruzeiro (C), Vasco (F), Coritiba (F), Figueirense (C).

Gotas de sabedoria administrativa

| 5 comentários
Para abrirmos a segunda-feira em alto estilo, nada melhor que uma frase-símbolo destes homens letárgicos que foram ajuntados em um mesmo balaio para "tocar" o Avaí em 2012. Após a derrota diante do Internacional, Betinho, auxiliar de TC, declarou que "É lógico que você sempre vem pensando em ganhar, mas uma derrota aqui não é nada desesperador". Preferi essa, mas também poderia ser a do presidente Zunino antes da partida no microfone da sua parceiraça CBN acalmando o torcedor avaiano afirmando que "ainda temos uma gordurinha para queimar". Alguém anda tomando uns chazinhos estranhos na Ressacada e esse alguém não sou eu.

Traduzindo a campanha

| 1 comentários
avaí pulsar

Eles se merecem

| 5 comentários
O jogo do Beira Rio começou todo torto. Avaí saindo na frente com gol de letra de Robinho, Arlan e Fernandinho jogando direitinho, Bruno não recebendo amarelo e vermelho, enfim, tudo muito esquisito. Mas aí vem o intervalo. Ai, ai, ai. O Avaí volta amedrontado, com uma covardia do tamanho da incompetência de um dos técnicos mais fracos que já passaram por aqui.

Sacou Cléverson, uma das poucas opções de ataque, Urso, um dos poucos que marca nesse time e Robinho, que nunca faz falta mesmo. Entrou com o "sempre morto" Batista, o pouco consistente Leandrinho e com um Rafael Coelho obeso, vergonhosamente obeso. O Inter empatou, mas Leandrinho ainda conseguiu abiscoitar um penalti: William, 2x1.

Mas em apenas seis minutos o Internacional meteu três bagas com um apoio inesperado do goleiro Felipe e decretou o 4x2 final. Mais uma vez o projeto mal acabado de técnico contratado por Zunino e Luiz Alberto mostrou que pode, sim, influenciar no placar. Os três se merecem. O Avaí está morto? Ainda não, mas à cada rodada fica mais evidente que a luta é para não ser o lanterna do campeonato.

Essa é a nossa realidade

| 2 comentários
Lincoln, Pedro Ken e Daniel desfalcam o Avaí para a partida no Beira Rio. A ausência de Lincoln, essa é para ser muito lamentada pelo torcedor. Jogador que para a bola, olha, pensa e a distribui com qualidade, o 99 avaiano é a esperança de alguma coisa parecida com produtividade no meio de campo dos "confiáveis" de Toninho Semcílio. Arlan entra pela ala, Fabiano de volante e Robinho deve compor a meia. Desanimador, mas essa é a realidade das limitações do elenco do Avaí. Os morromenos que desfalcam o time são substituídos por mais fracos que eles. Só por milagre.

Que fase

| 4 comentários
Até quando o clube realiza uma ação bacana, como fretar três ônibus para levar 90 locatários de cadeira para Porto Alegre, a coisa não funciona. Segundo o relato de pessoas na Comu do Orkut, os sorteados para a viagem chegaram na Ressacada às 7hs mas os dois primeiro ônibus (vindos da Oktoberfest) só chegaram às 9:20hs. O terceiro é um mistério... 10hs e ninguém saiu. E agora?

Toninho Entregão

| 1 comentários
Sentar-se na frente de um computador para escrever algo que faça sentido num pré-jogo do Avaí não está sendo uma tarefa fácil. Há vários meses. Mais do que informação, está sendo necessária uma boa dose de criatividade para realizar relatos diferentes de um enredo que teima em não ser alterado. Nem dentro e muito menos fora do gramado.

Entretanto, hoje, ao ler as últimas da equipe antes da partida contra o Internacional, só pude lamentar as palavras de Toninho Cecílio, um projeto
mal acabado de técnico, que adianta as suas desculpas pela derrota desta tarde. Sim, desta tarde, mais precisamente dentro de seis horas a contar de agora. O "professor" toma a dianteira e afirma que será um jogo difícil porque do outro lado está o melhor time do Brasil. A sétima posição do Colorado gaúcho, diz ele, é apenas uma miragem e assim, se perder, perde para o virtual campeão brasileiro de 2011.

Some-se a esse pré-migué a convocação de Dirceu Arregão, Fabiano Genro, Batista Agoranaoposso, Leandrinho Fizquetentrei, Robinho Zumbi e Robert Soumagro, e temos o roteiro de uma partida que pode ser a cereja derradeira no bolo de um dos piores planejamentos já vistos em um time profissional de série A dos últimos anos. A desculpa, essa já está na ponta da língua do treinador "entregão".

Adorador de Zunino detected

| 1 comentários
avaí adorador

90 milhões em ação

| 2 comentários
Não resisti ao trocadilho com o famoso jingle usado pela seleção brasileira para a Copa de 70. Na verdade foram 90 locatários de cadeiras os agraciados pelo sorteio que os levará ao Beira Rio para dar aquela forcinha ao Leão da Ilha. Num raro gesto de sensibilidade com o torcedor, a diretoria avaiana disponibilizou três ônibus para levar esse povo na faixa. Ação bacana.

Também fico feliz de perceber na lista dos sorteados a presença de alguns sobrenomes repetidos, o que é garantia de apoio em família. A mesma coincidência já ocorreu aqui no blog, quando os irmãos Rafael e Gabriel Antunes tiveram os seus papelinhos puxados de dentro da sacola plástica para serem premiados com um carro do Baú... ops... com ingressos para assistirem o jogo Avaí 1x2 Santos
de camarote . Dois pés frios, diga-se de passagem.

Uma diretoria truculenta

| 0 comentários
Diretoria acusada de mandar espancar família
texto retirado do blog de Luis Nassif, jornalista

Em pleno dia das crianças, um torcedor - como tantos outros - levou seus filhos ao Pacaembu para assistir o Timão jogar. Após ver o Coringão sofrer o segundo gol, um dos meninos, com aproximadamente 13 anos de idade, teve uma reação natural em uma derrota: xingou time e diretoria do clube.


Ocorre que, alguns lances abaixo, estavam localizados membros da diretoria do Timão, que não gostaram nada do que ouviram. Em razão disso, cerca de 20 seguranças se dirigiram até o local de onde partiu o xingamento e ESPANCARAM o menino, seus irmãos e seu pai.

A PM verificou a agitação e dirigiu-se ao local, mas ao invés de prender os agressores, resolveu algemar o torcedor que, após ver seus filhos ensanguentados de tanto apanharem, sofreu um mal súbito e teve de ser retirado de maca do local. A cena foi presenciada pelas pessoas que estavam em volta. (...) Não podemos deixar que mais um ato de selvageria permaneça impune.

Seja o que Deus quiser

| 0 comentários
Lincoln cumpre suspensão automática e está fora. Fará muita falta. Daniel, por impedimento contratual ligadas ao Inter, também não joga. Não fará falta. William e Pedro Ken são dúvidas. Naturalmente pensamos em Cléverson como tutular, mas sabemos que TC ainda não criou jeito de técnico de futebol de série A e é capaz de deixar o rapaz no banco. Tudo é possível.

Mas será que Robinho Zumbi e Dirceu Arregão jogam? Opa, com certeza. Elaiá. A seguir os relacionados: Goleiros: Felipe e Moretto; Zagueiros: Cássio, Dirceu e Gian; Volantes: Bruno, Diogo Orlando, Fabiano, Júnior Urso; Laterais: Fernandinho e Arlan; Meias:Cleverson, Leandrinho, Pedro Ken e Robinho; Atacantes: Rafael Coelho, William e Robert.

É triste mas é verdade

| 2 comentários
Para nosso espanto o técnico Toninho Cecílio declarou que ainda não têm o time definido para o jogo de amanhã contra o Internacional. Claro que estou ironizando, afinal de contas nenhum dos cinco treinadores que passaram pelo Avaí esse ano sabiam sequer qual era o time titular. Já é uma frase enjoada de se repetir, mas vamos lá: chegamos na metade de outubro, 30ª rodada do campeonato Brasileiro e ainda não temos um time. Bizarro. Daqui a pouco os selecionados.

Homenagem a Itá

| 5 comentários
Itá foi a cidade sugerida pela leitora Evelise para ser homenageada pelo blog: "Acho que a homenagem caberia perfeitamente ao município de Itá, afinal esse ano Itá-duro-de-aguentar, Itá-difícil-de-aturar-essa-diretoria, Itá-desanimador, Itá-um-ingresso-caríssimo, Itá-acabando-a-esperança-e-a-paciência-do-torcedor". Itá-í o que você pediu, Eve.

A nova explicação

| 2 comentários
Não vamos perder a sensibilidade humana. Não é porque esse bando de jogadores trazidos no "bafo" por Zunino e Luiz Alberto está afundando o Avaí que os executaremos à queima-roupa. São homens normais e por isso sujeitos às intempéries emocionais do mau momento. O clube até que tentou alguma coisa buscando uma psicóloga no Orlando Scarpelli, mas nada feito.

O problema é que todo esforço psicológico que se faça não pode produzir milagres num elenco tão ruim. Não vamos esquecer que em meados de janeiro desse ano Zunino nos vendia o peixe do melhor elenco da história do Avaí. Por isso, se vai permanecer no cargo até o fim de seu mandato, minha sugestão é que ele comece imediatamente as suas sessões de psicoterapia.

As expressões substitutas para a incompetência continuam sofrendo mutações. Parece que agora estamos saindo da fase de desculpas em que "o time perdeu mas está evoluindo" e entramos na da "oscilação emocional do grupo". O que esperar para 2012? Com esses aí, de narizes empinados, o mesmo enredo de amadorismo que se estende desde 2010.

Conferindo as projeções do Pai Bagaça

| 0 comentários
Em meados de setembro e com 23 rodadas disputadas, o Pai Bagaça projetou os jogos faltantes do Avaí no campeonato. De "evolução em evolução" o Avaí chegou a 29ª rodada na mesma vice-lanterna e com os mesmos 90% de chance de rebaixamento daquela época. Logo abaixo a revisão dos chutes do pai de santo de araque, com seus erros grifados em vermelho:
AVA 1X0 PAL ................. 24 pontos
FLU 1X0 AVA
AVA 0X0 GRE ............... 25
BAH 1X0 AVA
AVA 1X0 CAP ............... 28
AVA 1X0 ATG ............... 31
INT 1X0 AVA
AVA 0X0 BOT ............... 32
COR 1X0 AVA
AVA 1X0 CEA ............... 35
SPO 1X0 AVA
AVA 1X0 CRU .............. 38
VAS 1X0 AVA
CFC 0X0 AVA .............. 39
AVA 1X0 FIG ............... 42