Resumo da ópera desafinada

|
Ontem, como bem sabemos, o Conselho Deliberativo do Avaí se reuniu para discutir, principalmente, o novo plano de mensalidades para locatários de cadeiras em 2012. A reunião teve os mesmos contornos de amadorismo que tão bem conhecemos, mas desta vez o Infoesporte teve a felicidade de entrevistar o Conselheiros Adir José, um dos 20% que não servem de massa de manobra, que nos descreveu o cenário onde tudo isso ocorreu:

- Um plano desta importância só pode ser apresentado ao Conselho depois de uma séria, comprometida e aprofundada análise mercadológica. O que se fez foi comparações com outros clubes com realidades distintas. Lamentei que mais uma vez tenham usado o expediente do atropelo nas votações. Uma primeira proposição, do próprio presidente Nereu, de se avaliar primeiro se o plano estava em condições de ser votado foi solenemente ignorada.

- Ao final, ficou difícil saber quem votou contra a possibilidade de o plano ser votado naquele momento, meu caso, ou em quem votou contra o plano efetivamente. Este tipo de atropelo e a justificativa de que o plano deve ser aprovado a qualquer custo pela urgência do início do ano seguinte se aproximando se repetiram novamente. Isto é, com certeza, prejudicial ao clube.
Para quem acompanhou o processo do plano de sócios desde a sua concepção, sabia, com o fracasso que ele demonstrou, que a readequação ocorreria fosse para evitar a tragédia do rebaixamento, fosse em razão dela. Infelizmente, se deu pelo último motivo.

- Também me preocupam as consequências da rescisão de contrato com a empresa gestora do plano anterior. Quanto isto irá custar para o Avaí e de que forma o fracasso observado foi cobrado deles. Quando questionei sobre isso, recebi de forma lacônica a resposta de que o (departamento) jurídico estava cuidando disto e que foram feitas avaliações de resultados que levaram à conclusão da vantagem de rescindir o contrato.

2 comentários:

Guilherme disse...

Pelo que parece, ser conselheiro hoje se resume em receber as decisões do "clube" em primeira mão. Já estava tudo decidido antes de começar essa reunião.

Carmen Fuhrmann disse...

Parabéns Adir!

Vai chegar um dia que o torcedor irá vencer essa manobra vergonhosa da diretoria.

Beijao

Postar um comentário