Não há comando

|
Atualmente não há nada de bom para se comentar sobre esse Avaí. Pode-se celebrar o retorno de Lincoln, mas o papo acaba por aí. Uma linha. Mas de todas as informações pessimistas oriundas da Ressacada, a ausência de comando do clube é a que salta aos olhos com maior espanto. O presidente Zunino tem demonstrado uma fraqueza de atitude superior até mesmo àquela do ano passado, quando largou a barca nas mãos de uma curriola de incompetentes.

A continuidade de Toninho Cecílio no cargo de treinador é inexplicável, um deboche para com a instituição, uma prova cabal que o principal dirigente do Avaí não acredita mais na permanência na série A. Também não lutará por isso. E se é assim, busque-se imediatamente o técnico que fará a transição para a temporada 2012, já realizando a depuração do grupo para a nova realidade.

Esqueçamos aqueles de R$120mil e que venha um esforçadinho de R$20mil, o que não é pouco. A menos que técnico seja realmente uma figura decorativa na Ressacada.

2 comentários:

Renato disse...

quando o adilson batista chegou ao avai conseguiu uma sequencia de 9 vitoras, se nao me falha a memoria... Moretto no gol, Cleverson e Estrada nas alas, Cassio, Gian e Bruno na zaga, Ken, Urso e Lincoln no meio, William e mais um na frente (aumentem o bicho pro Robinho, se for o caso). Que seja o Mauro Ovelha. Necessidade de uma injeção de adrenalina urgente. São as 4 vitorias em casa, ingressos a R$5. Que se belisque um crime fora contra o Coxa, o LA deve saber o "caminho das pedras" para vencê-los. Isso dá 41 pontos, com esse baixo nível atual do futebol BR tem chance...

Vitor disse...

Gerson,

Pena que só descobriram agora.
Aqui que fala é o "demagogo que só disse besteiras nos ultimos anos, mesmo nas horas boas".
Com A ou B, vida nova ao REI: AVAI FC, MERECE.


Abraços.

Postar um comentário