Nem é preciso ser pitonisa

|
Ah, essa novela dos preços da Ressacada. Na humilde opinião desse blogueiro o capítulo de ontem à noite, que deverá ter seus desdobramentos por todo o ano de 2011, é uma senhora cortina de fumaça para os problemas mais graves desse clube de 87 anos de vida. Como disse no post de dois dias atrás, a questão não é o preço, estimado leitor.

Esses que estão aí aprovados por apenas 30 conselheiros num universo de 230 (uma vergonha em termos de comprometimento), se não são valores que incluem os avaianos no dia-a-dia do clube, também não chegam a ser um desastre. Que fique claro que estão caros, mas não lembro de você aí ter feito algo de prático há um ano quando um crime maior foi cometido com aumentos que ultrapassaram com folga os 100%. Te calassi lá e váx querer gritar agora? Ah, vá!

Pedra cantada
Ninguém ouviu da boca de um dirigente avaiano que algum erro tenha sido cometido esse ano. Essa era a deixa para sabermos que nada de diferente aconteceria na noite de ontem. O projeto chegou pronto para apreciação do Conselho e, claro, foi aprovado sem nenhuma alteração. O Avaí é prisioneiro da dívida que tem com Zunino, portanto seremos todos "decorativos" por muito tempo.


Vale a pena ler de novo
Há cerca de uma ano, logo após a fatídica reunião desse mesmo Conselho com vistas aos novos preços da Ressacada, concluí a postagem com um pensamento profético que se encaixa perfeitamente à realidade de hoje. Coisa de pitonisa porreta, que sabe muito de Avaí e nada de números abençoados da Mega-Sena: "Se essa decisão da diretoria avaiana, devidamente respaldada pelo Conselho Deliberativo, foi acertada ou não, apenas o futuro dirá. Aposto um pastel de camarão que mais cedo ou mais tarde teremos de dar um passo atrás. Coisa de caranguejo, aquele bichinho que se nega a sair do mangue".

8 comentários:

Adir José disse...

A composição do conselho é outro assunto que deve ser melhor apurado.

Muitos dos conselheiros presentes no dia de ontem eram... funcionários do clube!

Ou seja, uma base "situacionista" estará sempre formada, com, no mínimo, cerca de 15 conselheiros. Num universo de 230 conselheiros, este número é irrisório, mas num comparecimento pífio como o de ontem, isto representa 50% dos aptos a votar (havia outros conselheiros impedidos em razão de integrarem ou a diretoria executiva ou o conselho fiscal).

Ao nosso presidente Alexandre Espíndola, que se melindrou com a constatação que fiz, na minha exposição, de que vivemos uma "crise de representatividade", sendo alcunhados com o termo "conselho decorativo", e não representando a voz de quem, efetivamente, deveríamos representar, que é o "torcedor médio", caberia promover proposta de alterações estatutárias com punições aos conselheiros "gazeteiros" (Nossa Senhora, parece que tô falando do Congresso).

Hugo Castro disse...

Eu reclamo dos preços desde a primeira vez que aumentaram. Pois já esperava por isso... e vou continuar reclamando e se possível tomando a frente e participando de novos protestos até ajustarem um preço justo para sócios e não sócios, tanto para o clube como para o torcedor.

Plano família foi excelente, os descontos estão bons, mas há que se mexer nos preços das mensalidades ou buscarem outras alernativas para manterem esses atuais preços como vantagens e descontos em forma de convênios. Acho isso mais complicado...

Falta ainda um plano estudante, como se tem do outro lado da ponte.

Com esses atuais preços, vão ser raros os estudantes que irão se associar. Mais vale comprar ingresso meia-entrada mesmo.

E o Avaí perde muito sócios aí, já que grande parte da torcida é formada por estudantes.

Quem concorda com os atuais preços, não venha reclamar depois... tome algum partido, mas não fique em cima do muro.

Hugo Castro disse...

45 e 80 reais as mensalidades.

Será que seria muito difícil chegar a esse valor??

Não da pra apostar nem em um número mínimo de lucro com 1.500 novos associados a mais com esses valores??

Imgina então se junto a esses valores de 45 e 80, mantiverem o plano família e incrementarem um plano estudante...

É sucesso garantido...

algo muito próximo do que foi em 2009, que era quase perfeito se tivesse na época mais modalidades de sócios.

Não creio que esses valores seja algo tão difícil de se por em prática. Falta mais audácea e acreditar mais na torcida.

1.500 a 2 mil associados a mais é um número fácil de ser alcançado se souberem atrair o torcedor.

Adir José disse...

Defendi algo perto disto.

Valores mantendo-se altos no setor A, que tem até fila de espera e lotação de sócios completa. Valor de 85 ou 90 reais para a parte superior dos setores C,D e E e 70 reais na parte inferior (a ideia de que tem gente de baixo subindo não cola, para mim. Invista-se em fiscalização) e 40 ou 45 reais nas descobertas.

Adir José disse...

... mas, reafirmo, a política de ingressos não foi votada ontem por não ser matéria afeta à aprovação do Conselho, mas exclusiva da diretoria executiva.

Gerson Santos disse...

ADIR, penso que por seu posicionamento isento, suas opiniões esclarecedoras e, principalmente, por ter sido testemunha de tudo o que aconteceu ontem à noite, seria perfeito que você pudesse expor pra gente todo o cenário.
Notei detalhes riquíssimos em seus comentários e nesse bom debate com o Hugo. Emfim, estou aguardando seu texto: avaixonados@hotmail.com

Rodrigo V. R. disse...

Convenhamos pessoal ingressos a R$50,00 ainda é muito caro e não procede que se o ingresso for muito mais barato ninguém se associa. Ingresso a R$30,00 está muito bem pago e quem quiser ser sócio vai ser independente do preço do ingresso.
Quanto ao valor das mensalidades acho que mudou pouca coisa, criaram um monte de coisas para justificar a redução pifia. Acho que baixar R$10,00 em cada setor estaria de bom tamanho e partir criariam os descontos do pagamento anual integral e plano família.
Aquela modalidade de pagar apenas R$20,00 e ter desconto de 50% nos ingressos não vai vingar ficou oneroso, nem precisaria o Avaí limitar essa promoção para 1000 torcedores, pois nem 500 vão aderir, isso é para clubes em que a quantidade de sócios ja superou a capacidade do estádio.
Acho que um brinde no mês do seu aniversário não deveria ser vista pelo Avaí com uma opção de desconto e sim como um agrado ao seu cliente, nem precisaria ser uma camisa, algo mais barato ja agradaria e faria o torcedor se sentir lembrado.
Abraços

evefloripa disse...

Gerson, já que o bate-bapo está indo bem aqui. Por que vc não abre espaço para que cada um deixe a sua idéia do que seria o correto em termos de mensalidades e ingressos, mas que não deixem de pensar que somo um time de série A e que precisa se fortalecer para lá se manter?
E tentar saber o que cobram os outros clubes. Ontem alguém comentou, acho que foi aqui, que a mensalidade o Criciuma, série B, é 5 reais menor que a nossa.
Achei muito interessante as colocações do Adir.

Postar um comentário