Não somos santos

|
Em maio do ano passado o Vasco da Gama lançou a campanha O Vasco é meu e em pouco mais de seis meses alcançou 47mil inscrições no programa de sócio-torcedor. Um sucesso absoluto, com uma nova receita projetada de R$850mil mensais. Entretanto, essa inscrição não significava que o torcedor se tornaria sócio do clube automaticamente, precisando antes pagar a primeira mensalidade.

Tudo ia bem até que se verificou agora que o número de vascaínos que pagam regularmente as mensalidades está na casa dos 18mil. Deles, a maioria é da categoria sócio-torcedor, cujo valor mensal é de R$20. Refazendo os cálculos, a previsão é que o clube receba cerca de R$360mil derivado do "O Vasco é meu”. Do valor, já estão descontados os 30% da empresa terceirizada que administra o programa de sócios.

Ciente disso o Departamento de Marketing cruzmaltino tem planos de investir mais em ações para manter o interesse dos novos sócios para que o número de inadimplentes não cresça ao longo de 2010. Ainda assim esse programa pode ser considerado um sucesso, isso porque o primeiro projeto sócio-torcedor lançado pelo clube só conseguiu captar 3mil adeptos.

Então ficamos assim: o Avaí errou feio nos aumentos dos ingressos e mensalidades, mas nós torcedores também não somos as criaturas mais confiáveis do planeta. Fonte base Primeira mão

4 comentários:

GutoAtherino disse...

rapaz... esse cara, o Vás, comeu um bucado de grana no meio do processo todo, hein?!

Essa cacofonia não me entra! Toda a vez que leio o texto dessa campanha me pergunto como que aprovaram isso. Sei não, deve ter virado piada lá pelas terras fluminenses.

Abraços,
Guto

Gerson Santos disse...

GUTO, 18mil acreditaram. Nada mau.

Rodrigo V. R. disse...

Vai ver O vasco tinha 47 mil sócios ai subiu para série A e aumentou as mensalidades exorbitantemente ocasionando uma debandada de sócios na virada do ano, só restanto os sócios que pagam a categoria mais barata. É uma suposição não sei se isso realmente aconteceu, se é que me entendes.
Abraços

Wilson de Almeida disse...

Se o arroz aumentar, o povo xia, mas paga.
Se a gasolina aumentar, o povo xia, mas paga.
Se o leite aumentar, o povo xia, mas paga.

Se o futebol aumentar, o povo xia e não paga, pois futebol é entretenimento.

Se não dá pra pagar, o povo vai num bar que tenha o PFC, compra uma coca cola, senta numa mesa e vê o jogo. Dae o repasse da grana de transmissão de TV vai tudo pro bolsinho do Flamengo e do Corinthians e os pequenos chupam o dedo.

Postar um comentário