Avaí, de primeira

| 0 comentários
Com mudanças, Avaí finaliza preparação - O Avaí está pronto para enfrentar o Sport. A preparação que durou apenas três dias, começando após a derrota para o Vasco, terminou ontem, com um treino no gramado da Ressacada. Sem montar o time titular em campo, Gilson Kleina comandou uma atividade com posicionamento em bolas paradas, além e trabalhos de finalização.
O último coletivo, na sexta-feira, indicou uma equipe com cinco mudanças. Duas são obrigadas, com as entradas de Jéci e Jubal nas vagas dos suspensos Emerson e Antonio Carlos. No sistema ofensivo, Tinga e William podem desbancar Pablo e André Lima. A outra mexida é a entrada de Anderson Lopes no lugar de Juninho. Com isso, o Leão passaria a jogar com três atacantes, no esquema 4-3-3.
A tendência é de que o time vá a campo com Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Jubal e Romário; Renan, Eduardo Neto e Tinga; Rômulo, Anderson Lopes e William. A lista de relacionados foi divulgada logo após a última atividade. Devido ao horário da partida de domingo, às 11h, a comissão técnica antecipou a concentração dos jogadores, no hotel desde a tarde de sexta-feira. Os relacionados:
Goleiros: Diego e Vagner;
Zagueiros: Jéci, Jubal e Philipe Maia;
Laterais: Eltinho, Everton Silva, Nino Paraíba e Romário;
Volantes: Adriano, Claudinei, Eduardo Neto, Pablo, Renan e Tinga;
Meias: Denner e Juninho;
Atacantes: Anderson Lopes, André Lima, Roberto, Romulo, Tauã e William. Matéria Infoesporte

A homenagem e a legenda

| 0 comentários
Campo Erê, capital do novilho precoce, entendeu?

Pés não muito no chão

| 0 comentários
Segundo o jornalista Jorge Nicola em seu blog no Yahoo Esportes, Gilson Kleina está na faixa intermediária de salários dos 20 técnicos da série A. Entre os catarinenses, os R$ 180 mil mensais do professor da Ressacada o colocam bem à frente dos R$ 130 mil de Adilson Batista, dos R$ 100 mil  de Argel Fucks e os "humildes" R$ 85 mil de Vinícius Eutrópio. Se assim for confirmado, percebe-se que a "política dos pés no chão" do presidente Nilton Macedo andou dando uma senhora guinada.
Atualização do post 17h: parece que Jorge Nicola não está muito bem informado. Na verdade o salário bruto de Gilson Kleina é de R$ 120 mil, um valor mais de acordo com os limites do Avaí.

Contra o líder, não podia ser melhor

| 0 comentários
O Avaí vem de uma sequência muito ruim nestas últimas quatro rodadas. Marquinhos está fora combate durante todo o mês de julho e, como bem sabemos, não há substituto à sua altura. As muitas dezenas de cartões tomados até aqui estão rareando a cabeleira de Gilson Kleina. A oportunidade de recuperação é amanhã, exatamente diante do líder do campeonato. Não podia ser melhor.
Jogador é bicho vaidoso e por isso é certo que a rapaziada do Carianos sabe que aí está uma bela chance de aparecer para o país. Vencer aquele que está no topo da "cadeia alimentar" do Brasileirão, tirar-lhe o status de único invicto entre todos os 20, certamente é feito para ser destaque em todos os meios de comunicação e alinhavar alguma coisinha para o futuro profissional de cada um.
Pela necessidade de vitória, por jogar em casa e afastar-se da zona de rebaixamento, a expectativa é que também pela vaidade positiva o Avaí possa conquistar esse três pontos diante do Sport Recife, amanhã, na Ressacada. Vencendo, prepara os nelvos para as rodadas seguintes: Palmeiras em SP, Chapecoense aqui e Cruzeiro em BH. Só pedreira lascada e das boas. Foto Leandro Boeira AFC

Avaí, de primeira

| 0 comentários
Kleina promove cinco mudanças - Os desfalques somados ao rendimento ruim de alguns jogadores podem resultar em cinco mudanças no time titular do Avaí. Na manhã de ontem, na Ressacada, o técnico Gilson Kleina comandou o penúltimo treino antes de enfrentar o Sport, esboçando a provável escalação que vai a campo no domingo, às 11h. O treinador passou pela entrevista coletiva, mas não confirmou a equipe.
Com novo esquema tático, o 4-3-3, Kleina postou um time modificado no treino. Das cinco alterações, duas são por obrigação: as entradas de Jéci e Jubal nas vagas de Emerson e Antonio Carlos, que estão suspensos. No sistema ofensivo, duas mexidas por opção técnica. O treinador sacou Pablo e André Lima para colocar Tinga e William.
A quinta modificação já era prevista, com Anderson Lopes voltando e entrando na vaga de Juninho. Com Rômulo mantido no time, Kleina pode encaminhar o Leão com três atacantes. O Avaí treinou com a seguinte formação: Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Jubal e Romário; Renan, Eduardo Neto e Tinga; Rômulo, Anderson Lopes e William.
- Vamos testar jogadores de força, com transição, e optar pela velocidade nos lados. Algumas situações podem facilitar o jogo. Esse último, criamos pouco, mas tivemos o controle. Precisamos reagir e vamos enfrentar o líder, que está jogando ajustado - disse o treinador. Apenas os titulares trabalharam no gramado da Ressacada. Durante a atividade, o atacante Anderson Lopes sentiu dores e foi substituído por Tauã. O último treino antes do jogo acontece hoje, sábado. Matéria Infoesporte

O paraíso é aqui

| 0 comentários
Foto do perfil de Jeferson Souza

Mais futebol, menos tapetão

| 1 comentários
A pedido feito por Vanderlei Luxemburgo, a CBF vai criar um sistema que mostrará quais atletas têm ou não condições de jogo em cada rodada e tentar diminuir as chances de tapetão. O objetivo é evitar que se repitam casos como o de Héverton, escalado irregularmente pela Portuguesa em 2013. A escalação acabou livrando o Flamengo do rebaixamento no Brasileirão de 2013. Por Lauro Jardim

Tá complicado, ô amarelo

| 0 comentários
Tremendo balde de água fria essa informação da lesão de Marquinhos, que deve afasta-lo dos gramados durante todo o mês de julho. É uma notícia que vem se somar a outras negativas, como as suspensões dos zagueiros Emerson e Antonio Carlos da próxima partida diante do Sport, e o preocupante título de time mais amarelado da série A. Emoções à flor da pela na Ressacada.
A outra "má nova" veio no complemento da 10ª rodada, com o Avaí perdendo uma posição na tabela, agora em 13°, há apenas três pontos do Z4. As últimas quatro rodadas foram um desastre, com apenas dois pontos ganhos em 12, num rendimento de pouco mais de 16%. A reação precisa chegar no domingo, sob pena da luz amarela ser ligada em luminosidade máxima no Sul da Ilha.

Avaí, de primeira

| 0 comentários
Marquinhos desfalca o Avaí por um mês - O Avaí não poderá contar com seu principal jogador nas próximas rodadas do Brasileirão. Com uma inflamação no joelho direito, Marquinhos foi entregue ao departamento médico e deve desfalcar a equipe por um mês. Se a previsão inicial for confirmada, o capitão fica fora dos jogos contra Sport, Palmeiras, Chapecoense, Cruzeiro e Atlético-PR.
O médico do clube, Luiz Fernando Funchal, vai conceder entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira para explicar a situação do jogador. A expectativa é de que Marquinhos não tenha que passar por procedimento cirúrgico. O camisa 10 desfalcou o Leão nas duas últimas rodadas, sendo que na partida contra o Grêmio o motivo foi suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Durante a preparação para enfrentar o Vasco, o atleta se queixou das dores e foi vetado pelos médicos.
O nome de Marquinhos tem sido cogitado nos bastidores do Vasco desde a semana passada e uma primeira sondagem teria sido feita ao jogador, que recusou. O meia soma seis jogos e poderia se transferir para outra equipe da Série A. A diretoria do Leão nega a saída do ídolo. Matéria Infoesporte

É isso aí, senhores dirigentes

| 1 comentários

Promoção para Avaí x Sport

| 0 comentários
No domingo, a Ressacada sedia pela primeira vez um jogo no horário alternativo das 11 horas da manhã. Um ingrediente a mais para o torcedor avaiano levar a família e ajudar a empurrar o Leão rumo à vitória. Por isso, uma promoção especial estará em vigor. O sócio do clube em dia poderá retirar um ingresso gratuito para um amigo ou familiar. Além disso, o associado tem direito a comprar outro bilhete com 50% de desconto. A retirada do ingresso gratuito e a compra do bilhete promocional podem ser feitas na Secretaria da Ressacada nesta sexta-feira, das 9h às 19h, e no sábado, das 9h às 18h. A promoção é válida até quando houver ingresso disponível. Fonte site Avaí FC

"Começou a ficar retranqueiro"

| 1 comentários
"O time toma muitos gols e olha que se fossem concretizadas todas as chances adversárias, já teríamos tomado 108 gols no campeonato. Para fazer um lance ofensivo, cruzar, lançar, passe agudo, chute, é um parto! Os caras preferem tocar para trás do que arriscar um cruzamento, um passe agudo, chute etc. Kleina tem que falar porque não gosta do Roberto. Colocar Dener precisando ganhar, pelo amor de Deus! Começou a ficar retranqueiro". Comentário editado do leitor

Mais que dois neurônios analíticos

| 2 comentários
Começando pelo final, fica difícil para o torcedor aceitar a principal razão de Gilson Kleina para a derrota de ontem para o Vasco: o Avaí ainda é um time em formação. Não, amigo professor, não é, ou pelo menos já deu tempo para deixar de ser. Até quatro rodadas atrás o técnico avaiano cogitava se pensar até em patamares mais altos na série A, e não tão somente fugir do rebaixamento.
O fato é que o Avaí chega na 10ª rodada com aproveitamento de 40%, o que não é algo assim tão ruim, mas vem de um claro declínio nas últimas quatro partidas, com apenas dois pontos ganhos em 12 disputados. Já faz muitos anos que não é permitido ao torcedor sonhar com futebol-espetáculo, então resta a dura régua do futebol-de-resultados: vai bem, elogios. Vai mal, críticas. Simples assim.
É sabido desde a bisonha campanha do Campeonato Catarinense que a base do elenco é tecnicamente fraca, que as contratações foram apostadoras, mas que isso não sirva para mais um treinador achar que o torcedor tem apenas dois neurônios analíticos. Foto Paulo Fernandes

Avaí, de primeira

| 2 comentários
Coletiva pós-jogo de Gilson Kleina - "O desempenho do Avaí foi bom, claro que teve a felicidade do Emanuel, ele foi muito bem. Um erro que nós tivemos, erramos por dentro e nos dificultou. Tiramos a velocidade do Vasco, nos posicionamos, fizemos passagens pelo lado do campo, tentamos preencher mais o meio de campo. Acho que a equipe adversária viveu de lançamentos longos, no começo do jogo eles apertaram mais, o momento que nós começamos a ganhar a segunda bola e pegamos confiança. Quando iríamos pegar o meio e ter a estocada, tomamos o gol."
Faltou perna para o Avaí? - "Até optamos por velocidade, não vi o Vasco tão superior. Estávamos vem posicionado, se tem uma equipe que corre no Brasileiro é a do Avaí, não é problema de perna não. O que eu vi foi que os laterais no começo sofreram um pouco e depois os nossos volantes conseguiram participar. Então hoje conseguimos neutralizar o Madson, depois ele abriu o time, mas não foi uma criação do adversário. Uma saída de bola nossa que não conseguimos tirar. A felicidade do jogo foi o arremate do Emanuel."
Ajustes na equipe e ausência de Marquinhos - "A equipe do Avaí na 10ª rodada é uma equipe em formação. Hoje iniciou o Juninho pela primeira vez. O Romulo começou jogando, estamos estudando, é uma equipe que está se conhecendo, um time que está se formando. O Marquinhos é um líder dentro de campo técnico, inteligente, o Anderson passando o seu melhor momento no Avaí, é o nosso artilheiro no ano, então é resgatar isso para termos tranquilidade nesses dias."
Pensava em colocar o Roberto? - "Essa era uma intenção também, só que perdemos o meio de campo e viemos travar com a entrada do Everton, que nós treinamos. Perderíamos ainda mais o meio e teríamos quatro atacantes. A intenção era ter a transição, infelizmente quando fizemos a substituição, tomamos o gol."
Pegar o líder Sport às 11h - "Conversamos na sexta passada, é um jogo atípico ,vamos ter que a partir de sexta tomar um café da manha e treinar no horário do jogo. Tem que adaptar o organismo dos atletas, é um horário mais quente que você tem que acordar mais cedo e tem que se adaptar."
Excesso de cartões - "A gente precisa conversar muita coisa. O Emerson ele vai falar sobre uma falta que o Romário sofre e leva o cartão. Você não pode falar nada. O Antônio Carlos toma um chute e uma cabeçada e toma o vermelho. O André Lima foi falar com ele no intervalo e ganhou cartão. É um numero que cresceu no brasileiro e não só do Avaí. Não se pode falar com o árbitro." Matéria GE

Adeus

| 0 comentários

Mais uma política de "ingressos gourmet"

| 0 comentários
Rivaldo, mais um cartola esganado e metido a entender de marketing no futebol brasileiro, resolveu tornar os ingressos para os jogos do seu Mogi Mirim os mais caros do país. A estratégia 'gourmet' de elevar os preços para R$ 100 em todos os setores acabou fracassando, já que diante do CRB no último final de semana, apenas 244 torcedores compareceram ao estádio. Já para o duelo contra o Náutico, no próximo dia 7, o torcedor do clube do interior paulista voltará a R$ 50 nas descobertas. Em SC o clube abobado da bronha é a Chapecoense, que cobra entre R$ 100 e R$ 150 para aqueles que se aventurarem no estádio da Prefeitura de Chapecó. Fonte base ESPN

Celso Roth x Gilson Kleina

| 0 comentários
"Um time nunca vai conseguir ganhar uma partida se não tiver consistência e conseguimos mostrar isso contra o Flamengo. Precisamos repetir contra o Avaí. É em cima dessa consistência que vamos começar a notar os progressos que podemos apresentar para que a reação seja mais rápida e que a pressão possa ser um pouco reduzida. O Vasco está trabalhando para sair logo do Z4 e por isso mesmo temos que ir a campo com uma mentalidade vencedora contra o Avaí". Celso Roth
"Contra o Grêmio nós cometemos alguns erros que não podem ser pensados em jogos contra grandes equipes. O Grêmio tirou proveito e conseguiu construir a vitória na nossa casa. Não podemos cometer os mesmos erros contra o Vasco, que vem de vitória e está muito motivado. Com certeza o público vai ser bom, o time deles vai pressionar desde o começo e o Avaí precisa estar preparado para a realidade que vai enfrentar. Mas a nossa equipe tem condições, colocando a cabeça no lugar, de fazer uma bela exibição e voltar do Rio de Janeiro com os três pontos". Gilson Kleina

Confronto na colina sagrada

| 0 comentários
Vasco e Avaí se enfrentam às 19h30 de hoje em São Januário em situações bem diferentes do que a história normalmente contaria. Apesar do abismo estrutural que separa o clube carioca do catarinense, é o Avaí que chega no Rio com alguns corpos de vantagem sobre o Vasco da Gama.
Com 12 pontos ganhos e ocupando a 12ª colocação na tabela, o Leão da Ilha está de bouas. Já o Gigante da Colina não pode pensar em outro resultado que não a vitória. Não apenas por jogar em casa, mas principalmente por figurar na zona de rebaixamento, somando apenas seis pontos e segurando a vice-lanterna do campeonato. Eurico Miranda não perdoará a perda dos três pontos.
O Avaí vem de uma derrota na Ressacada para o Grêmio, o que serviu para tirar uma boa dose de animação que acompanhava a equipe nas últimas rodadas. O Vasco fez uma partida horrorosa diante do Flamengo, talvez o pior jogo da série A até aqui, mas venceu. Venceu sob o efeito adrenalítico do novo técnico Celso Roth, o senhor cautela do esporte bretão em terras tupiniquins.
Gilson Kelina tem problemas, não contará com os suspensos Eltinho e Anderson Lopes, além de Marquinhos, com dores no joelho, mas voltam Romário e Eduardo Neto, peças importantes no esquema do professor. Oo Avaí deve entre em campo com: Vagner; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Emerson e Romário; Renan (Adriano), Eduardo Neto, Pablo e Juninho; Rômulo e André Lima.

Avaí, de primeira

| 0 comentários
Os relacionados para jogo com o Vasco - Após comandar o último treino antes do jogo contra o Vasco, o técnico Gilson Kleina divulgou a lista com os 20 jogadores relacionados para o confronto em São Januário. Contrariando a expectativa, a convocação tem mais ausências do que retornos.
A principal baixa é Marquinhos, que havia ficado de fora do jogo contra o Grêmio por suspensão e dessa vez não joga por lesão. Anderson Lopes e Eltinho cumprem suspensão. Tinga não pode jogar, pois seu contrato venceu e ainda não foi renovado. Claudinei e Jubal não viajam por opção técnica.  
O time ainda pode perder Renan, que está relacionado, mas será avaliado pelos médicos antes do jogo. O volante levou uma pancada no treinamento desta sexta-feira. Os retornos ficam por conta de Eduardo Neto e Romário. Confira a lista de relacionados:
Goleiros: Diego e Vagner;
Zagueiros: Antonio Carlos, Emerson e Jéci;
Laterais: Everton Silva, Marrone, Nino Paraíba e Romário;
Volantes: Adriano, Eduardo Neto, Pablo e Renan;
Meias: Denner e Juninho;
Atacantes: André Lima, Roberto, Romulo, Tauã e William. Matéria Infoesporte

Conheça e curta esses doidos

| 0 comentários